Entendendo o Estresse: Sintomas, Causas e Efeitos

A vida moderna é cheia de aborrecimentos, prazos, frustrações e demandas. Para muitas pessoas, o estresse é tão comum que se tornou um estilo de vida.

No entanto, o estresse nem é sempre ruim. Em pequenas doses, ele ajuda você a terminar seu trabalho e serve como motivação para você dar o seu melhor. Acontece que, quando você está constantemente nesse modo emergência, sua mente e corpo pagam o preço.

Se você se vê frequentemente se sentindo oprimido, com cansaço exagerado, é hora de tomar algumas medidas para trazer de volta o equilíbrio do seu sistema nervoso. Você pode se proteger ao aprender a reconhecer os sinais e sintomas do estresse e adotando medidas para reduzir seus efeitos nocivos.

Neste artigo:

  • O que é o estresse?
  • Como você responde ao estresse?
  • Sinais e sintomas de sobrecarga causado pelo estresse.
  • Quando o estresse é considerado demais?
  • Causas de estresse
  • Efeitos de estresse crônico
  • Lidando com o estresse

O que é estresse?

Resposta do organismo ao estresse

Quando você percebe uma ameaça, seu sistema nervoso reage com a liberação de uma inundação de hormônios do estresse, incluindo a adrenalina e cortisol. Estes hormônios despertam o corpo para ações de emergência.

Seu coração acelera, os músculos contraem, a pressão arterial sobe, a respiração encurta e seus sentidos ficam mais nítidos. Estas alterações físicas aumentam sua força e vigor, acelera seu tempo de reação e aprimora seu foco – preparando você para lutar ou fugir do perigo.

O estresse é uma resposta física normal para eventos que fazem você se sentir ameaçado ou quando você está sob pressão. Ao sentir o perigo – seja ele real ou imaginado – as defesas do organismo disparam em alta velocidade em um processo rápido, automático, conhecido como a reação “lutar ou fugir”, ou reação ao estresse.

A reação ao estresse é a forma que seu corpo tem de protegê-lo. Quando está funcionando corretamente, ele ajuda você permanecer concentrado, energético e alerta.

Em situações de emergência, o estresse pode salvar sua vida – dando-lhe força extra para defender-se, por exemplo, ou estimulando você a pisar nos freios em questão de milésimos de segundos para evitar um acidente.

A reação ao estresse também ajuda você a enfrentar desafios. O estresse é o que mantém você focado durante uma apresentação no trabalho, é o que afia sua concentração quando você está tentando executar um lance em uma partida de futebol e é o que leva você a estudar para um exame quando você queria ficar assistindo TV.

Mas depois de um certo ponto, o estresse deixa de ser útil e começa a causar grandes danos a sua saúde, seu humor, sua produtividade, seus relacionamentos e sua qualidade de vida.

Como você reage ao estresse?

Saiba mais sobre as alterações que você pode fazer na reação ao estresse

É importante aprender a reconhecer quando seus níveis de estresse estão fora de controle.

A coisa mais perigosa sobre o estresse é o quanto ele pode dominar você. Você se acostuma com ele. Depois ele começa a ser percebido como algo familiar, normal. Nesse ponto, você não percebe o quanto ele está afetando você.

Os sinais e sintomas de sobrecarga de estresse podem ser praticamente qualquer coisa. Estresse afeta a mente, o corpo e o comportamento de muitas maneiras, e cada indivíduo experimenta o estresse de formas diferentes.

Estresse nem sempre parece estressante

O Psicólogo Connie Lillas usa uma analogia para descrever as três maneiras mais comuns como as pessoas reagem quando elas estão sobrecarregadas por estresse:

  • Pé no acelerador – Reação do estresse através da raiva ou agitado. Você fica excessivamente emocional e não consegue nem sentar.
  • Pé no freio – Reação ao estresse através do isolamento e depressão. Você demonstra muito pouca energia ou emoção.
  • Pé em ambos – Reação ao estresse pela tensão e “congelamento”. “Congelar” sob pressão significa não fazer nada. Você olha paralisado, mas por dentro você está extremamente agitado.

Sinais e sintomas de sobrecarga causado pelo estresse

A tabela a seguir lista alguns dos sinais comuns e sintomas do estresse. Quantos mais sinais e sintomas você observar em si mesmo, mais próximo você pode estar da sobrecarga de estresse.

Sintomas e sinais de alerta do estresse

Sintomas cognitivos

Sintomas emocionais

  • Problemas de memória
  • Incapacidade de se concentrar
  • Julgamento fraco
  • Vê apenas o lado negativo
  • Ansioso ou pensamentos acelerados
  • Preocupação excessiva e constante
  • Mau humor
  • Irritabilidade ou temperamento curto
  • Agitação, incapacidade de relaxar
  • Sentindo-se sobrecarregado
  • Sentimento de solidão e isolamento
  • Depressão ou infelicidade geral

Sintomas físicos

Sintomas comportamentais

  • Dores
  • Diarreia ou constipação
  • Náuseas, tonturas
  • Dor no peito, batimento cardíaco rápido
  • Perda de libido
  • Resfriados frequentes
  • Comer demais ou de menos
  • Dormir demais ou muito pouco
  • Isolar-se dos outros
  • Procrastinar ou negligenciar as responsabilidades
  • Consumir álcool, cigarros ou drogas para relaxar
  • Hábitos nervosos (por exemplo, roer unhas)

Tenha em mente que os sinais e sintomas do estresse também podem ser causados por outros problemas psicológicos e médicos. Se você estiver experimentando qualquer um dos sinais de estresse, é importante consultar um médico para uma avaliação completa. Seu médico pode ajudá-lo a determinar se seus sintomas estão ou não relacionados ao estresse.

Quando o estresse é considerado demais?

Por causa dos danos generalizados que o estresse pode causar, é importante conhecer o seu próprio limite. Mas o limite do estresse difere de pessoa para pessoa.

Algumas pessoas domam leões, pulam de paraquedas e assumem empresas atoladas em dívidas, enquanto outras desabam no menor obstáculo ou frustração. Algumas pessoas parecem mesmo prosperar com a excitação e o desafio de um estilo de vida de alta-tensão.

Sua capacidade de tolerar o estresse depende de muitos fatores, incluindo a qualidade de seus relacionamentos, sua visão geral sobre a vida, sua inteligência emocional e genética.

Coisas que influenciam o seu nível de tolerância ao estresse

  • Sua rede social – uma forte rede de apoio de amigos e familiares é uma enorme reserva contra o estresse da vida. Por outro lado, quanto mais solitário e isolado você estiver, maior será sua vulnerabilidade ao estresse.
  • Seu senso de controle – Se tiver confiança em si mesmo e sua capacidade de influenciar os acontecimentos e perseverar durante os desafios, fica mais fácil “tirar o estresse de letra”. Pessoas que são vulneráveis ao estresse tendem a se sentir como se as coisas estivessem fora de seu controle.
  • Sua atitude e perspectiva – Pessoas que dão conta do estresse que passam têm uma atitude otimista. Eles tendem a abraçar desafios, têm um forte senso de humor, aceitam que a mudança é uma parte da vida e acredita em um poder maior ou finalidade.
  • Sua capacidade de lidar com suas emoções – Você é extremamente vulnerável ao estresse se você não sabe como acalmar-se quando você está se sentindo triste, com raiva ou com medo. A capacidade de equilibrar suas emoções o ajuda a se recuperar de adversidades.
  • Seu conhecimento e preparação – Quanto mais você souber sobre uma situação estressante, incluindo quanto tempo vai durar e o que esperar, mais fácil será de lidar. Por exemplo, se você entrar em uma cirurgia com um quadro realista do que esperar do pós operatório, uma dolorosa recuperação será menos traumática do que se você estava esperando se recuperar imediatamente.

Eu estou no controle do estresse ou estresse está me controlando?

  • Quando me sinto agitado, eu sei como me acalmar rapidamente?
  • Consigo deixar de ficar com raiva facilmente?
  • Consigo influenciar os outros no trabalho para me ajudar a acalmar e me sentir melhor?
  • Quando eu chego em casa à noite, eu me sinto alerta e relaxado?
  • Eu fico mal-humorado por muito tempo?
  • Sou capaz de reconhecer que posso estar perturbando outras pessoas?
  • Consigo acionar os amigos para uma relaxante reunião descontraída imediatamente?
  • Quando minha energia está baixa, eu sei como aumentá-la?

Causas do estresse

As situações e as pressões que causam estresse são conhecidas como fatores de estresse. Normalmente, pensamos sobre o estresse como algo negativo, como uma agenda de trabalho desgastante ou um relacionamento complicado.

No entanto, qualquer coisa que coloca exigências elevadas sobre você pode ser estressante. Isso inclui eventos positivos como casar, comprar uma casa, ir para a faculdade, ou ser promovido.

O que faz com que o estresse dependa, pelo menos em parte, de sua percepção sobre ele. Algo que é estressante para você pode não ser para outra pessoa; elas podem até mesmo se divertir.

Por exemplo, seu trajeto de manhã pode deixar você ansioso e tenso porque você tem medo de chegar atrasado por causa do tráfego. Outras pessoas, no entanto, podem achar a viagem relaxante porque elas saem de casa mais cedo para curtir a música no carro enquanto dirige.

Causas externas comuns do estresse

Nem todo estresse é causado por fatores externos. Estresse também pode ser gerado automaticamente:

  • Grande mudança na vida
  • Trabalho
  • Dificuldades de relacionamento
  • Problemas financeiros
  • Ficar ocupado demais
  • Crianças e família

Causas internas comuns do estresse

Nem todo estresse é causado por fatores internos. Estresse também pode ser geradas automaticamente:

  • Incapacidade de aceitar as incertezas
  • Pessimismo
  • Conversa interior negativa
  • Expectativas irrealistas
  • Perfeccionismo
  • Falta de assertividade

O que é estressante para você?

O que é estressante para você pode ser bem diferente do que é estressante para outra pessoa. Por exemplo:

  • A Karen tem pavor de levantar-se na frente das pessoas para falar, enquanto Vivian, sua melhor amiga, adora os holofotes.
  • O Felipe prospera sob pressão e funciona melhor quando ele tem um prazo apertado, enquanto sua colega de trabalho, Maira, trava quando o  trabalho exige um prazo curto.
  • Anita gosta de ajudar seus pais idosos. Sua irmã, Carol, ajuda também, mas acha as exigências muito estressantes.
  • o Ricardo não pensa duas vezes para retornar o prato ruim do restaurante ou para reclamar sobre o mau serviço do hotel, enquanto sua esposa, Miranda, acha muito estressante se queixar.

Efeitos do estresse crônico

O corpo não distingue entre ameaças físicas e psicológicas. Quando você está estressado com uma agenda ocupada, uma discussão com um amigo, um congestionamento ou com uma montanha de faturas para pagar, seu corpo reage de maneira tão forte que parece que está enfrentando uma situação de vida ou morte.

Se você tem um monte de responsabilidades e preocupações, sua reação ao estresse de emergência pode estar esgotado a maior parte do tempo. Quanto mais o sistema de estresse do seu corpo é ativado, mais difícil é de desligar.

A exposição prolongada ao estresse pode levar a graves problemas de saúde. O estresse crônico perturba quase todos os sistemas em seu corpo.

Ele pode elevar a pressão arterial, suprimir o sistema imunológico, aumentar o risco de ataque cardíaco e derrame, contribuir para infertilidade e acelerar o processo de envelhecimento. O estresse a longo prazo pode até mesmo reconfigurar seu cérebro, deixando você mais vulnerável a ansiedade e depressão.

Muitos problemas de saúde são causados ou agravados pelo estresse, incluindo:

  • Dor de qualquer tipo
  • Doença cardíaca
  • Problemas digestivos
  • Problemas do sono
  • Depressão
  • Obesidade
  • Doenças autoimunes

Lidando com o estresse e seus sintomas

Há muitas coisas que você pode fazer para reduzir o impacto do estresse e lidar com os sintomas.

Aprender a gerenciar o estresse

Você pode sentir como se o stress em sua vida estivesse fora de seu controle, mas você sempre pode controlar a maneira como você reage a ele. Gerenciar o estresse é uma questão de assumir o comando: cuidando de seus pensamentos, suas emoções, sua agenda, seu ambiente e a maneira de lidar com os problemas.

Gerenciamento de estresse envolve mudar a situação estressante quando você puder, alterando sua reação quando você não pode cuidar de si mesmo e arrumar tempo para descansar e relaxar.

Aprenda a relaxar

Você não pode eliminar completamente o estresse de sua vida, mas você pode controlar o quanto ele afeta você.

Técnicas de relaxamento, como ioga, meditação e respiração profunda, ativa a reação de relaxamento do corpo. Um estado de descanso é o oposto da reação ao estresse.

Quando praticado regularmente, essas atividades dão origem a uma redução nos seus níveis de estresse diário e um impulso em seus sentimentos de alegria e serenidade. Eles também aumentam sua capacidade de permanecer calmo.

Qualquer pessoa pode reduzir drasticamente o impacto do estresse. Com a prática, você pode aprender a identificar fatores de perturbação e permanecer no controle quando a pressão se apresentar.

28 comentários… add one
  • Eu tou vatios dias com buchecha sapera sera faz parte do stresse sou muito stressada

  • Estou buchecha aspera sera faz parte stres sou stressada de mas

  • oi

  • Boa noite ,sou muito estressada minha rotina de vida e muito corrida muitos problemas tudo na minha casa e só eu ,bom eu sinto muita dor do peiti falta de ar cansaço tem hora que da vontade de fugir e isso me deixa muito preucupado .

  • chaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaatoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

  • estou varios dias com lado direito dormente boca e mao sera do estress quanto tempo para voltar ao normal

  • Estou a vários dias assim tbm Eo lado direito do meu corpo esta assim todo estranho fui ao médico ontem e ele me disse q isso é stress to tomando ate remédio pra pressão coisa q eu nunca tive.

  • Estresse agrava a labirintite ????

  • DOR NO PE DA BARRIGA E CAUSA DO ESTRESE?

  • estou tao estressada que nem me suporto mais ao olhar- me no espelho

  • jfehurhef

  • Não sei o que fazer. Estou sobre pressão. . Meu filho é hiperativo e to muito preocupada com o futuro dele. E até lá tenho que me virar sozinha. .

  • Oi sou muito estressada principalmente em casa o que preciso fazer para diminuir o meu nivel de estresse,nem eu me suporto mais.

  • Ooi ando mt estressada dentro de casa. Nao

  • Oi. Ando mt estressada passo parte do dia em casa e so anoite q saiu para ir para escola. Nem eu me aguento mas e meu marido nao me comprende. Tenho gastrite e estou comecando a ter novos problemas de saude comecei a tomar anti depressivo mas tive que parar por estar atacando o estomago. Preciso de ajuda.

  • Ei, ultimamente ando muito estressada, e a minha parte direita do corpo esta toda estranha, minha mão não consigo ter o comando suficiente, resumindo o meu lado do direito está tudo a normal, tipo que repuxando

  • oi

  • sinto muita tontura, mau estar,uma bola de pelo no meu estomago, dificuldade de raciocínio. Isso ja faz mais de uma ano. As vezes melhora um pouco. Depois começa de novo.
    estou tomando valerimede.
    Você acha que e o suficiente para melhorar o estresse

  • estou no limite. quando estou com raiva dou soco,chute na parede,falo alto ,grito. para nao descontar nas pessoas.

  • Tem hora que acho que estou ficando é doido. Quando vejo estou descontando tudo no acelerador do carro. Falo sozinho e ainda respondo, e as vezes falo sozinho gritando comigo mesmo. Quando alguém vem me encher o saco já me imagino socando a pessoa. Sem falar nos sintomas externos: pressão no peito, enxaqueca, queda de cabelo…

  • oi estol pior doque muitos

  • Também sofro de estresse e estou aprendendo a controlar, eu reclamavá muito e isso só piorava eum tinha mal humor e impaciência, sono demais entre outros. Estou numa fase nova e quem me ajudou muito foi a Juliana Goes. E comecei a estudar esse fator

  • Estou muito e stressada sinto tonturas,dores de cabeça que não passam.fico assim porque antes de ter minha Bb eu trabalhava depois que ela nasceu agora só fico em casa meu marido não entendi.é ainda pra completar ele faz coisas pra me estressar mas ainda.nossa as vezes acho que estou no meu limite ele não me ajuda em nada.da vontade de sumir.

  • A queda do penis e causa do estresse ?

  • eu fico as vezes com o lado esquerdo do e braço um pouco durmente essa semana ja aconteceu 2× isso pode ser estresse ?

  • Gostaria de saber nome do autor desse blog? No aguardo

  • Biell vai tomar no teu cu, se é chato se joga na frente de um trem que ai fica legal, seu filho de um pau pequeno

  • GENTE NAO TEM NADA MELHOR PRA O ESTREES …..DO QUE DA UM TEMPO PRA TUDOOOOOOO ….se nao vcs vao morrer e vai ficar tudo aqui ate os problemas ..

Leave a Comment