10 Passos Para Superar A Necessidade De Aprovação

Muitos terapeutas geralmente confiam em apenas algumas técnicas e continuam a treinar com as poucas que conhecem.

Acho que precisamos ser tão flexíveis e engenhosos quanto possível, dando aos clientes o máximo de ferramentas que pudermos.

Hoje quero dar uma olhada rápida em algumas técnicas simples que as pessoas podem usar para superar sua necessidade de aprovação.

Tenha em mente que pode haver outras 50 técnicas que você poderia empregar com o mesmo sucesso.

1. Identifique A Situação.

Isso pode ser o motivo de sua preocupação com o que as pessoas pensam.

Por exemplo, talvez você esteja pensando em pedir a alguém que mude seu comportamento, mas imediatamente começa a se sentir ansioso por causa de seus pensamentos e sentimentos ocultos.

2. Quais São As Vantagens E Desvantagens De Sempre Precisar De Aprovação?

Esta é a peça motivacional para você examinar sua suposição de que precisa de aprovação.

Quais são os custos para você?

Os custos são que isso pode dificultar para você ser honesto, pode dificultar a satisfação de suas necessidades, você pode se preocupar com o que vai acontecer e pode deixar que as pessoas tirem proveito de você.

Mas você ainda pode pensar que será querido por todos se precisar da aprovação deles ou que isso o impedirá de ser um narcisista.

Está funcionando?

3. Que Pensamentos Negativos Automáticos Você Está Tendo?

Isso pode incluir pensamentos como: “Ela vai pensar que sou injusto ou mesquinho”; “Ela não vai gostar de mim”; ou “Ele acha que sou desagradável”.

Você também pode pensar: “É horrível quando alguém não gosta mim” ou “Não suporto argumentos”.

4. O Que Esses Pensamentos Significam Para Você?

Por exemplo, uma pessoa disse: “Se ela não gosta de mim, estou errado ou sou uma pessoa má”.

Outra pessoa pensou: “As pessoas vão falar de mim e não terei amigos”.

Essas implicações podem estar direcionando sua necessidade de aprovação.

5. Examine As Evidências E A Lógica De Seus Pensamentos.

Por exemplo, você é realmente uma pessoa má, ou errada, se alguém discordar de você?

Será que você simplesmente tem informações, interpretações ou ideias diferentes?

Ou será que você está certo?

Se você acha que as pessoas ficarão chateadas com você, pergunte-se se você já discordou de alguém que ainda era seu amigo.

6. Use A Técnica De Duplo Padrão.

Se alguém discorda de você, você sempre fica extremamente chateado?

Tente pensar em você como se estivesse apoiando seu melhor amigo: Que conselho você daria a um amigo se alguém não gostasse do que ele disse?

Você concluiria que eles são ruins?

Por que você seria mais tolerante com as outras pessoas do que consigo mesmo?

7. O Que Você Ainda Poderia Fazer Se Eles Não Gostassem De Você?

Gosto de pensar em colocar as coisas em perspectiva para que eu possa deixar as coisas fluirem.

Digamos que você seja hábil e respeitoso em se afirmar com alguém e agora essa pessoa não gosta de você.

O que você ainda pode fazer?

Você pode ver seu parceiro, sua família, seus filhos, seus amigos e seus colegas de trabalho?

Você ainda pode se envolver em todas as atividades que fazia antes?

Se você consegue fazer praticamente tudo o que fazia antes, que diferença faz se alguém não gostar do que você diz – ou se não gostar de você?

o artigo continua após o anúncio

8. Como Você Se Sentirá A Respeito Disso No Futuro?

Muitas vezes ficamos chateados com algo acontecendo agora, mas deixamos de perceber que todas as nossas emoções estão abertas a mudanças.

Você já passou pela experiência de ficar insatisfeito com uma interação – digamos, há três meses – mas agora não pensa a respeito?

Isso porque outras experiências assumiram o controle, você colocou em perspectiva e deixou passar.

9. Normalize A Desaprovação.

Muitas vezes ficamos chateados com algo que acontece a todos.

Você conhece alguém que é aprovado por todos que encontram?

Por que é que?

Se todo mundo tem alguém que não gosta de algo que diz ou faz – e eles ainda sobrevivem e prosperam – então por que você seria a única pessoa que precisa ter aprovação universal?

10. Pratique Ser Assertivo.

A melhor maneira de superar a ansiedade e o medo é praticar o comportamento pelo qual você está ansioso.

Por exemplo, se você está preocupado com a reprovação, vá a uma loja e solicite um desconto de 50 por cento em algo que você não tem intenção de comprar.

Você verá que o balconista vai olhar para você como se você fosse louco, e você pode dizer: “Achei que poderia conseguir uma pechincha hoje”.

A questão é que, ao coletar propositalmente desaprovação inofensiva, você pode perceber que nada de importante muda – exceto que agora você é capaz de se afirmar.

Um amigo uma vez me disse: “Não importa o que você faça, algumas pessoas não gostarão de você”.

Isso me ajudou a deixar de lado a necessidade de ser amado por todos.

Nossas preocupações com a aprovação fazem parte do ser humano.

Não queremos ser hostis, egoístas e desrespeitosos.

Mas você pode ser diplomaticamente assertivo e sensível aos outros e ainda fazer coisas que outras pessoas não gostam.

A única maneira de sobreviver à vida é tolerar alguma desaprovação.

Sobre o Autor: André Coelho é Psicólogo e Escritor para o departamento de estresse e ansiedade do portal Auto Ajuda Em foco e faz parte do Auto Ajuda Em Foco desde 2012. André trabalhou tratando indivíduos com transtornos da ansiedade, fobias e estresse pós-traumático por mais de 6 anos.

0 comments… add one

Leave a Comment