3 Causas De Ataques De Pânico E Sinais De Ansiedade Nas Mulheres

Pesquisadores identificaram três causas notáveis de ataques de pânico e outros sinais da ansiedade nas mulheres: deficiência de serotonina, baixos níveis de vitamina B6 e baixos níveis de ferro.

É amplamente conhecido há muito tempo que as mulheres são duas vezes mais predispostas do que os homens a sofrerem de transtorno de ansiedade generalizada ou síndrome do pânico.

O que nunca foi bem compreendido, porém, é exatamente o motivo para essa diferença.

Pesquisas médicas estão começando a descobrir as explicações desse paradoxo dos gêneros.

Sintomas Do Transtorno Da Ansiedade Nas Mulheres:

  • Preocupação excessiva.
  • Medo repentino e desgastante.
  • Palpitações no coração.
  • Sentimentos de nervosismo.
  • Falta de ar.
  • Sensação de estar sendo sufocada.
  • Formigamento ou dormência nos membros ou no corpo todo.
  • Calafrios e suor excessivo.
  • Sensação de morte iminente ou sensação de que algo ruim está prestes a acontecer.
  • Náusea.
  • Dor no peito.
  • Dificuldade de se concentrar em coisas preocupantes.

Leia também: 11 Sinais Que Você Pode Ter Transtorno de Ansiedade

Porque As Mulheres São Mais Propensas A Terem Ataques De Pânico E Ansiedade.

A serotonina é um neurotransmissor que age como um mensageiro para transmitir sinais dentro do cérebro.

Baixos níveis de serotonina é uma situação bem reconhecida pela comunidade médica como a principal causa dos ataques de pânico, depressão e outros sinais da ansiedade nas mulheres.

Além disso, as mulheres são muito mais propensas a sofrerem de deficiência de serotonina do que os homens.

Mas por quê?

Baixos níveis de serotonina nas mulheres provavelmente são o resultado de uma reação biológica ao estresse mais sensível e mais intensa do que nos homens.

Para estudar os efeitos da deficiência de serotonina no cérebro, os pesquisadores esgotaram os níveis de serotonina tanto nos homens quanto nas mulheres participantes de um estudo.

Eles descobriram que os homens com níveis diminuídos de serotonina ficaram mais impulsivos, mas não experimentaram mudanças no humor em resposta às mudanças químicas induzidas.

As mulheres, por outro lado, experimentaram reações geralmente associadas à depressão, como a piora do temperamento e o aumento na cautela (ansiedade).

Os pesquisadores também descobriram que o efeito de mudanças no humor nas mulheres foi influenciado por uma variação em um gene chamado “gene transportador da serotonina”.

Em resumo, os resultados do estudo indicaram que os homens e as mulheres usam a serotonina de maneira diferente.

Isso quer dizer, em geral, que as mulheres são altamente suscetíveis às mudanças nesse neurotransmissor e demonstram múltiplos sintomas.

Porém, quando os homens experimentam uma diminuição da serotonina, isso geralmente não se traduz em depressão e ansiedade.

Apesar da serotonina ser fabricada no cérebro e desempenhar suas principais funções no cérebro, aproximadamente 90% da serotonina no corpo é encontrada no sistema digestivo e nas plaquetas do sangue.

Entretanto, a serotonina afeta múltiplos sistemas, incluindo o nervoso, cardiovascular e sistema digestivo.

Isso explica porque muitas mulheres que sofrem de deficiência de serotonina experimentam múltiplos sintomas simultaneamente: estresse e ansiedade, depressão, nervosismo, ataques de pânico, padrões de sono alterados, desejos por determinados alimentos, ganho de peso e estômago irritado.

Isso consequentemente esclarece por que a depressão e sinais de ansiedade nas mulheres têm sido associados ao aumento de incidência de diabetes, ataque cardíaco e derrame.

Leia também: 6 Formas Inteligentes De Superar A Ansiedade Que Você Provavelmente Nunca Tentou

Sinais De Um Ataque De Pânico Causado Por Deficiência De Vitamina B6 E Ferro.

Outro estudo associou as deficiências de vitaminas e minerais com ataques de pânico nas mulheres e outros sinais de ansiedade nas mulheres.

Como a vitamina B6 e o ferro tem um papel importante como cofatores na síntese da serotonina, os pesquisadores testaram para ver se os baixos níveis desses nutrientes tinham um papel na incidência dos ataques de pânico.

Os participantes do estudo foram divididos em dois grupos: em um grupo, foi incluído pacientes que já passaram pelo pronto-socorro por causa de ataques de pânico ou hiperventilação, enquanto o outro grupo não tinha um histórico de ataques de pânico.

Os pesquisadores examinaram o sangue dos dois grupos para ver se a deficiência de vitaminas do complexo B e ferro poderiam contribuir para os ataques.

Os resultados indicaram que baixos níveis no sangue desses dois nutrientes específicos estavam de fato relacionados aos ataques de pânico.

Remédios Naturais Para Ansiedade E Ataques De Pânico Nas Mulheres.

Agora que você sabe o que causa ataques de pânico e outros sinais da ansiedade nas mulheres, é hora de fazer alguma coisa em relação a isso.

Se você ou um ente querido sofre de síndrome do pânico ou ataques de ansiedade, esses remédios naturais detalhadamente explicados nesse artigo podem ajudar.

0 comentários… add one

Leave a Comment