7 Coisas Que As Pessoas Que Têm Ansiedade Social Costumam Fazer

O transtorno de ansiedade social vai além de ser tímido ou introvertido.

Envolve um medo extremo da interação social e interfere na vida diária de um indivíduo.

Os sintomas geralmente começam por volta dos 13 anos e persistem na idade adulta.

Mas a maioria das pessoas com ansiedade social espera pelo menos 10 anos para obter ajuda, de acordo com a Associação de Ansiedade e Depressão da América.

Se você acha que pode ter ansiedade social ou suspeita que alguém que você conhece possa ter, aqui estão alguns dos sinais mais comuns:

1. Elas Se Imaginam Constrangidas.

Se elas estão prestes a conhecer uma nova pessoa ou se estão entrando em uma reunião social, as pessoas com transtorno de ansiedade social imaginam cenários terrivelmente embaraçosos.

Elas temem que digam ou façam a coisa errada e imaginam esse comportamento horrorizando outras pessoas.

Veja também: 22 Coisas Que Apenas Pessoas Com Ansiedade Social Entenderiam

2. Elas Evitam Situações Em Que Serão Julgados.

A ansiedade social faz com que as pessoas pensem coisas como “outras pessoas vão pensar que eu sou burra” ou “eu vou estragar tudo e todo mundo vai pensar que eu sou um perdedor”.

Seu extremo medo da rejeição os leva a evitar situações sociais incertas sempre que possível.

3. Elas Só Se Sentem À Vontade Com Algumas Pessoas Específicas.

A maioria das pessoas com ansiedade social se sente à vontade com alguns indivíduos específicos – como um melhor amigo, um pai ou um irmão.

Interagir com outras pessoas pode levar a um sério aumento na ansiedade.

Frequentemente, levar uma pessoa “segura” ao supermercado ou a uma reunião social torna as interações muito menos assustadoras.

Veja também: Uso de Muitas Plataformas De Rede Social Está Ligado A Depressão, Risco De Ansiedade

4. Elas Temem Que Outras Pessoas Notem Seu Medo.

Se elas falam em uma reunião ou tentam conversar com um conhecido, as pessoas com ansiedade social temem que sua ansiedade seja perceptível.

Elas tendem a sentir sintomas físicos, como um rosto corado, palmas das mãos suadas, mãos trêmulas ou falta de ar, e estão convencidos de que todo mundo pode dizer quando está nervoso.

5. Elas Experimentam Medos Sociais Específicos.

Para algumas pessoas com ansiedade social, o medo está em falar em público.

Mas outros experimentam extrema ansiedade por coisas como escrever na frente de outros ou comer em locais públicos.

Muitas pessoas com ansiedade social também temem falar ao telefone.

6. Elas Criticam Suas Próprias Habilidades Sociais.

Pessoas com ansiedade social passam muito tempo analisando suas interações sociais.

Elas repetem conversas em suas mentes repetidamente e examinam sua comunicação.

Elas exageram suas falhas e se julgam duramente.

Veja também: 21 Dicas Rápidas Para Mudar Sua Ansiedade Para Sempre

7. Seus Pensamentos Frequentemente Se Tornam Profecias Autorrealizáveis.

Os pensamentos negativos associados à ansiedade social geralmente se transformam em profecias autorrealizáveis.

Alguém que pensa “As pessoas sempre me acham estranho” pode se prender a si próprio durante os compromissos sociais.

Sua indiferença pode desencorajar os outros de conversar com ele, reforçando sua crença de que ele é socialmente desajeitado.

Como Obter Ajuda

A ansiedade social é uma condição muito tratável.

Terapia, medicação ou uma combinação dos dois podem aliviar os sintomas.

Se você acha que pode ter ansiedade social, converse com seu médico.

Um médico pode descartar problemas médicos que possam estar contribuindo para os sintomas e pode encaminhá-lo para tratamento psicológico apropriado, se necessário.

Quer aprender sobre eliminar sua ansiedade social de vez? Cadastre seu e-mail no formulário abaixo.

Sobre o Autor: Mauro Lisboa foi formalmente diagnosticado com Síndrome do Pânico e Transtorno da Ansiedade Generalizada (TAG), sofreu por 12 anos até desenvolver um método próprio baseado na Terapia Cognitivo-Comportamental e Psicologia Avançada que lhe permitiu eliminar todos os sintomas e voltar a viver uma vida normal e plena. Hoje ele ajuda pessoas na mesma situação. Para aprender mais, cadastre seu e-mail acima ou visite ansiedadepanico.com.

0 comments… add one

Leave a Comment