9 Maneiras De Acalmar Sua Mente Ansiosa

Pensamentos ansiosos podem oprimi-lo, tornando difícil tomar decisões e agir para lidar com qualquer assunto que o incomode.

A ansiedade também pode levar a pensar demais, o que o deixa mais ansioso, o que leva a pensar mais e assim por diante.

Como você pode sair desse ciclo vicioso?

Reprimir pensamentos ansiosos não funcionará; eles simplesmente irão aparecer novamente, às vezes com mais intensidade.

Mas existem técnicas mais eficazes que você pode emprestar da redução do estresse baseada na atenção plena e das terapias cognitivo-comportamentais.

A seguir estão 9 estratégias para ajudá-lo a se soltar e seguir em frente

1. Tentativa De Distanciamento Cognitivo

Tente ver seus pensamentos ansiosos como suposições, não como fatos.

Sua mente está tentando protegê-lo, prevendo o que pode acontecer – mas só porque algo pode acontecer, não significa que acontecerá.

Observe as evidências objetivas: Qual a probabilidade de o resultado negativo realmente acontecer?

Existe algo de bom que pode acontecer em vez disso?

E o que você acha que é mais provável de acontecer, com base em experiências anteriores e outras informações que você tem sobre a situação?

2. Experimente Desfusão Cognitiva

Pare de se fundir com seus pensamentos.

Pense em seus pensamentos como dados móveis que passam por sua mente, em vez da verdade objetiva sobre uma situação.

Nossos cérebros são hipersensíveis a ameaças e perigos porque isso manteve nossos ancestrais vivos na selva.

Alguns de seus pensamentos podem ser apenas reações condicionadas automáticas geradas por um cérebro orientado para a sobrevivência.

Escolha se quer ou não acreditar nesses pensamentos, em vez de apenas aceitá-los.

3. Pratique Mindfulness

Pratique observar seus pensamentos, em vez de reagir automaticamente a eles.

Pense em seus pensamentos como nuvens flutuando.

O que te atrai e o que te dá vontade de fugir?

Existe uma maneira de você se desemaranhar e apenas observar seus pensamentos, em vez de reagir?

4. Foco Na Experiência Direta

Sua mente inventa histórias sobre quem você é e sobre sua segurança e amor.

Nem todas essas histórias são precisas.

Às vezes, nossas mentes são influenciadas por experiências negativas do passado.

Qual é a sua experiência no momento presente?

É algo que está realmente acontecendo ou que pode acontecer?

Observe que eles não são a mesma coisa, embora sua mente possa tratá-los como iguais.

5. Rotular Coisas 

Rotule o tipo de pensamento que você está tendo, em vez de prestar atenção ao seu conteúdo.

Observe seus pensamentos e quando notar um julgamento (por exemplo, se a situação é boa ou ruim), vá em frente e rotule-o como Julgamento.

Se você notar uma preocupação (por exemplo, que vai falhar ou sofrer uma perda), rotule-a como Preocupação.

Se você está se criticando, rotule-o como criticando.

Isso o afasta do conteúdo literal de seus pensamentos e lhe dá mais consciência de seus processos mentais.

Você quer gastar seu tempo julgando e se preocupando?

Existem maneiras menos julgadoras ou preocupadas de ver a situação?

6. Fique No Presente 

Sua mente está regurgitando o passado?

Só porque algo negativo aconteceu no passado não significa que tenha que acontecer hoje.

Pergunte a si mesmo se as circunstâncias ou seu conhecimento e habilidades de enfrentamento mudaram desde a última vez.

Como adulto, você tem mais escolha sobre com quem se associar e mais capacidade de identificar, se antecipar ou deixar uma situação ruim do que quando era criança ou adolescente.

7. Amplie Sua Visão

Você está se concentrando muito nos aspectos ameaçadores de uma situação, em vez de ver o quadro todo?

A ansiedade faz nossa mente se contrair e focar na ameaça imediata, sem considerar o contexto mais amplo.

Esta situação é realmente tão importante quanto sua ansiedade diz que é?

Você ainda vai se preocupar com esse problema em 5 ou 10 anos?

Se não, então diminua a preocupação.

8. Levante-se E Comece A Andar

Se preocupar com um problema sem criar uma solução não o ajudará a resolvê-lo.

Pode, de fato, fazer você menos propensos a agir alimentando sua ansiedade.

Quando sua mente está presa em um loop, você pode interrompê-la levantando-se e movendo-se ou fazendo uma tarefa ou atividade diferente.

Quando você se senta novamente, você deve ter uma perspectiva diferente.

9. Decida Se Um Pensamento É Útil

Só porque um pensamento é verdadeiro não significa que seja útil focalizar nele – pelo menos não o tempo todo.

Se apenas 1 em cada 10 pessoas conseguirá o emprego que você procura, e você continuar pensando nessas probabilidades, poderá ficar desmotivado e nem mesmo se dar ao trabalho de se candidatar.

Este é um exemplo de pensamento verdadeiro, mas não útil.

Concentre sua atenção no que é útil e deixe o resto ir!

Sobre o Autor: Mauro Lisboa foi formalmente diagnosticado com Síndrome do Pânico e Transtorno da Ansiedade Generalizada (TAG), sofreu por 12 anos até desenvolver um método próprio baseado na Terapia Cognitivo-Comportamental e Psicologia Avançada que lhe permitiu eliminar todos os sintomas e voltar a viver uma vida normal e plena. Hoje ele ajuda pessoas na mesma situação. Para aprender mais, cadastre seu e-mail acima ou visite ansiedadepanico.com.

0 comments… add one

Leave a Comment