7 Alimentos Que Deixam Você Absolutamente Ansioso

Se alguma vez você já se viu jogando as últimas migalhas de um saco de batata frita na boca depois de um dia extremamente estressante, você sabe que as emoções podem afetar o que você come.

Mas você sabia que o que você come também pode mexer com suas emoções, exacerbar a ansiedade e deixar você à beira de um ataque, excessivamente preocupado e incapaz de se concentrar?

De acordo com o nutricionista Ali Miller, isso é verdade. Embora a comida possa não ser a principal causa desses sentimentos, ela certamente afeta a gravidade e a frequência desses sentimentos e sintomas.

“A ansiedade pode ser causada por níveis cerebrais inadequados dos neurotransmissores serotonina e GABA, que ajudam a reduzir a influência dos hormônios do estresse, bem como o excesso de hormônios excitadores como o glutamato e epinefrina, que podem causar uma reação estressante e ansiosa”, diz Miller.

Certos alimentos também auxiliam na produção dessas químicas do bem-estar, enquanto outros alimentos elevam as químicas relacionadas à ansiedade.

Alimentos processados especialmente tendem a perpetuar o ciclo vicioso da culpa, ansiedade, vontades incontroláveis e comer em excesso, ficando cada vez mais difícil parar de comer esses alimentos depois que você começa.

A boa notícia é que dominar sua ansiedade pode ser tão simples quanto saber quais alimentos disparam ansiedade em você, e em seguida cortá-los da sua dieta ou reduzir o consumo.

Aqui, nós identificamos sete alimentos surpreendentes que podem estar turbinando sua ansiedade, irritabilidade e mau humor.

Leia também: 11 Sinais Que Você Pode Ter Transtorno de Ansiedade

1. Café

Ouça com atenção… nós não estamos dizendo a você para parar de tomar café ou outras bebidas que contêm cafeína de uma vez.

De fato, o café até faz um bem danado para nossa saúde.

Porém, se você sente que está atingindo seu limite, o aumento do consumo das xícaras de café que você anda tomando no dia pode ser parcialmente culpada pela sua ansiedade.

A cafeína tem um efeito estimulante no sistema nervoso, isso causa um aumento no cortisol, o hormônio do estresse, disparando nossa reação “luta ou fuga”.

O consumo exagerado de cafeína exacerba problemas de sono e de ansiedade, especialmente em pessoas com transtornos de pânico e ansiedade social.

Embora a cafeína de fato aumente os níveis de serotonina para inicialmente fazer você se sentir incrível, o aumento crônico da serotonina devido ao consumo excessivo de café pode, com o tempo, deixar você esgotado desse neurotransmissor.

Para diminuir a influência da cafeína, considere voltar para uma ou duas xícaras de café por dia.

2. Refrigerante Diet

Refrigerantes diet e bebidas energéticas podem duplicar sua dose de ansiedade.

Além de conter cafeína, muitas bebidas energéticas também contêm adoçantes artificiais, como o aspartame, que pode reduzir significativamente seus níveis de serotonina no cérebro.

De fato, em um estudo, pesquisadores da Universidade de North Western Ohio procuraram os efeitos do aspartame nas pessoas com um histórico de depressão e descobriram que ele significativamente piorou os sintomas, incluindo os sintomas de ansiedade.

Se você tem desejo por uma bebida gaseificada, considere trocar seu refrigerante por água com gás.

Se você usa adoçantes artificiais no seu café ou chá, experimente trocar por stevia.

3. Carne-Seca

Ultimamente, a carne-seca anda sendo promovida como um lanche rápido saudável… E até pode ser, desde que não esteja encharcada de aditivos venenosos.

O problema com a maioria das opções no supermercado é que elas estão carregadas de glutamato monossódico, que pode elevar os níveis cerebrais de glutamato… um dos hormônios excitadores que mencionamos na introdução… e consequentemente aumentando a ansiedade e o estresse.

Prefira opções naturais e orgânicas, que vem de vacas alimentadas apenas com pasto, sem glutamato monossódico e que contém muito menos sódio e açúcar do que opções mais convencionais.

É claro que a carne seca não é a única fonte de glutamato monossódico.

Uma infinidade de alimentos industrializados contém esse disparador de ansiedade.

Exemplos são batatas fritas, condimentos, molhos, temperos, comida congelada… opte por alimentos integrais sempre que possível.

4. Margarina

A grande maioria das margarinas são fontes de óleos parcialmente hidrogenadas, ou seja, gordura trans, que também estão escondidas em outros alimentos ultra processados como batatas fritas, cookies e em muitos doces de padaria.

Isso é um problema porque essas gorduras estão associadas com comprometimento do fluxo sanguíneo, incluindo fluxo sanguíneo para o cérebro.

É por isso que muitos estudos associam gordura trans a depressão, ansiedade e outras doenças e transtornos mentais.

Um estudo descobriu que pessoas que comiam principalmente alimentos fritos, carnes processadas, laticínios ricos em gordura e sobremesas açucaradas tinham um risco 58% maior de depressão do que pessoas seguindo uma dieta rica em alimentos integrais, enquanto outro estudo descobriu que consumo crônico de gordura trans aumentou a ansiedade em ratos.

5. Massas

Carboidratos refinados como macarrão, pão branco, e bebidas açucaradas podem destruir seu humor porque causam picos e mergulhos nos níveis de açúcar no sangue.

Recentemente, pesquisadores da Universidade de Columbia descobriram que, quanto mais alto subir o açúcar no sangue de uma mulher depois de comer açúcar e grãos refinados, maior o risco dela de depressão.

Em 2010, pesquisadores da Universidade de Princeton descobriu que ratos alimentados por uma dieta rica em açúcar ficaram nervosos e ansiosos depois que o açúcar foi eliminado, similar ao que pessoas experimentam na abstinência de drogas.

A boa notícia, porém, foi que o estudo da Universidade de Columbia também descobriu que o contrário também é verdade: uma dieta rica em alimentos integrais, como arroz integral e quinoa resultaram em um risco menor de depressão nas mulheres.

6. Ketchup

Condimentos como molhos para salada e ketchup podem ser uma grande fonte de xarope de milho de alta frutose, que assim como as massas, podem causar picos e mergulhos nos níveis de açúcar no sangue, consequentemente causando ansiedade.

Pior ainda: xarope de milho de alta frutose é mais doce do que o açúcar da cana, o que leva ao aumento do consumo e desejos fortes, geralmente acompanhado de aumento no peso.

Opte sempre por condimentos com pouco ou nenhum açúcar e que não contenha xarope de milho de alta frutose, como ketchup e molho de churrasco.

Leia também: Ansiedade: Tratamento Que Funciona

7. Álcool

Apesar de muitas pessoas recorrerem ao álcool para aliviar os sentimentos de estresse e sintomas da ansiedade (aproximadamente 20% das pessoas com transtorno da ansiedade social também sofre com dependência do álcool), o impulso no humor causado pelas bebidas alcoólicas é apenas temporário e pode piorar a ansiedade com o tempo.

Até mesmo pessoas que nunca sofreram com problemas relacionados a ansiedade podem desenvolver problemas como resultado do abuso do álcool.

Isso acontece por algumas razões.

A primeira é que o álcool é um agente depressivo e bagunça o funcionamento apropriado do sistema nervoso central, que controla como você processa as emoções.

Em segundo lugar, o álcool pode também aumentar os picos e mergulhos nos níveis de açúcar no sangue, que já sabemos que causa da ansiedade.

E por último, o álcool é diurético, que pode levar à desidratação, causando prejuízos nas funções cognitivas e incapacidade de concentração… fatores que contribuem para sentimentos de ansiedade.

Se você precisa de algo para aliviar o estresse depois de um longo dia de trabalho, considere uma caneca de chá de camomila quente ou gelado, em vez de deixar aquela taça de vinho à noite se transformar num hábito.

0 comentários… add one

Leave a Comment