Ansiedade Dor No Peito: Sintomas, Remédios Caseiros E Muito Mais

Sentir-se preocupado, com medo ou nervoso de tempos em tempos é bastante normal para a maioria das pessoas.

Essas são reações típicas a momentos atípicos da vida cotidiana.

Algumas pessoas experimentam ansiedade com frequência.

Os sintomas podem ir além dos sentimentos de preocupação ou preocupação com outras reações físicas.

Ocasionalmente, esses sintomas estão erroneamente associados a outras condições.

Por exemplo, a dor no peito às vezes é um sintoma de ansiedade.

Muitas vezes, resultado de um ataque de pânico ou reação aumentada, a dor no peito é uma preocupação devido à possível conexão com ataques cardíacos e outras doenças cardíacas.

Veja também: É Um Ataque Cardíaco Ou Um Ataque De Pânico?

Se você sentir ansiedade frequente, aprender a entender sua dor no peito pode ajudá-lo a encontrar alívio dos sintomas e a identificar quando precisa de ajuda médica adicional.

Os sintomas de ansiedade raramente são os mesmos de pessoa para pessoa.

Alguns dias, os sintomas não são os mesmos para a mesma pessoa.

A ansiedade se apresenta de várias maneiras, e isso dificulta a detecção ou compreensão dos sintomas.

A dor no peito associada à ansiedade é diferente para cada pessoa.

Algumas pessoas podem sentir dor no peito gradualmente.

Para outros, a dor pode ser repentina e inesperada.

A dor no peito por ansiedade pode ser descrita como:

  • dor aguda
  • dor persistente no peito
  • uma contração muscular ou espasmo incomum no peito
  • ardor, dormência ou dor maçante
  • pressão de uma esfaqueada
  • tensão ou aperto no peito

Se você não tem histórico de dor no peito com ansiedade, pode ficar alarmado.

Muitas pessoas assumem que estão tendo um ataque cardíaco e vão ao pronto-socorro do hospital para tratamento.

Em um estudo da Trusted Source, os pesquisadores descobriram que o transtorno de ansiedade era prevalente entre as pessoas com dor no peito inespecífica (NSCP).

O NSCP é descrito como dor torácica atípica com outros sintomas que não são resultado de um evento cardíaco.

Se você for ao pronto-socorro de um hospital e os médicos não encontrarem uma causa específica para a sua dor no peito, consulte um médico sobre outras causas possíveis, incluindo ansiedade.

Veja também: Dores No Corpo E Dores Gerais Como Sintomas De Ansiedade

Dor No Peito Causada Pela Ansiedade Vs. Dor No Peito Causada Por Ataque Cardíaco

Dor no peito pode ser um sinal de alerta para um ataque cardíaco.

Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a determinar se sua dor no peito é causada por ansiedade ou ataque cardíaco:

Se você suspeitar que está tendo um ataque cardíaco, ligue para o serviço de emergência local.

Eles podem avaliar você e determinar se você está tendo um evento cardíaco ou se há outro motivo para sua dor no peito.

Quando você está ansioso, seu corpo pode e muitas vezes produz reações físicas como sudorese ou falta de ar.

Quando você fica ansioso, seu cérebro e seu corpo desencadeiam uma resposta imediata ao estresse.

Isso inclui uma mudança fisiológica.

Seu corpo pode apertar ou ficar mais tenso.

Uma resposta ao estresse também pode incluir uma resposta psicológica ou emocional.

Você pode se tornar agressivo ou chateado com mais facilidade.

Essas respostas são chamadas de resposta de luta ou fuga.

Quando você fica estressado ou ansioso, seu corpo se prepara para revidar ou fugir.

Se você experimentar essa reação de estresse de lutar ou fugir com pouca frequência, seu corpo deverá se recuperar totalmente em 30 minutos.

Se você experimentá-lo com muita frequência, seu corpo não vai se recuperar totalmente em 30 minutos.

Isso pode levar ao aumento da tensão muscular, e no seu peito essa tensão pode se tornar dolorosa.

Da mesma forma, em um momento ainda mais estressante, sua frequência cardíaca pode aumentar e a força dos batimentos cardíacos pode aumentar.

Que combinado com músculos tensos do peito pode fazer você sentir uma dor incomum.

Se você se sentir ansioso, poderá controlar a mente e o corpo com técnicas simples.

Essas técnicas podem não funcionar sempre, mas são um excelente ponto de partida quando você precisa de ajuda para controlar sua ansiedade.

Pratique Respiração Profunda

As respirações profundas e focadas podem acalmar a mente e o corpo.

Encontre uma sala ou área silenciosa e inspire 10 vezes.

Segure por um segundo e expire 10 vezes.

Repita isso várias vezes ao sentir o batimento cardíaco diminuído.

Faça Um Balanço Da Situação

Aceite seus sentimentos de ansiedade, reconheça-os e trabalhe colocando-os em perspectiva.

Você está preocupado com algo que não pode controlar?

Você tem medo de um resultado improvável?

Você está com medo de uma situação da qual não pode controlar o resultado?

Converse com seus sentimentos para encontrar a fonte e depois trabalhe para colocá-la em perspectiva.

Imagine Uma Cena Bonita

Se você estiver ansioso, tente visualizar um lugar que o acalme instantaneamente.

Isso pode ser especialmente útil se você estiver ansioso em uma situação que não pode evitar, como uma reunião estressante.

Pratique a respiração profunda enquanto visualiza esse local.

Use Um Aplicativo De Relaxamento

Os aplicativos de smartphones para ansiedade podem orientá-lo nas técnicas e exercícios de redução de estresse.

Existem também aplicativos de meditação que podem ajudá-lo a acalmar sua mente quando você está se sentindo ansioso.

Muitos desses aplicativos são gratuitos, então você pode experimentar vários para encontrar um que funcione para você.

Seja Proativo Sobre Sua Saúde Física

Você está cuidando bem do seu corpo?

Você está dormindo o suficiente?

Você está comendo bem?

Cuidar bem do seu corpo também é cuidar bem da sua mente.

Embora isso não ajude a tratar a ansiedade no peito, pode ajudar a reduzir o risco de ansiedade e subsequente dor no peito no futuro.

Se sua ansiedade e dor no peito forem graves ou crônicas, pode ser necessário consultar um terapeuta.

Eles podem conversar com você sobre situações que causam ansiedade e ajudam ensinando técnicas de enfrentamento.

Essas técnicas podem não vir naturalmente para você se você estiver ansioso com frequência.

É aqui que um profissional ou instrutor pode ajudar.

Um terapeuta ou médico pode conseguir ensinar técnicas de enfrentamento que permitem que você se sinta controlado e seguro.

Quando você começa a recuperar a sensação de calma, seus sintomas, incluindo a dor no peito, diminuem.

Se as técnicas de treinamento ou exercícios mentais não forem bem-sucedidos, considere uma prescrição de medicamentos.

Medicamentos anti-ansiedade têm efeitos colaterais e riscos.

Mas usá-los como um paliativo enquanto você aprende a lidar com os sintomas pode ser útil.

Identificar a ansiedade como a causa de sua dor no peito é um passo importante no tratamento de sua condição.

Ao aprender a gerenciar os efeitos colaterais da ansiedade, você também aprenderá a gerenciar complicações não intencionais, como dor no peito.

Embora você não saiba ao certo se ou quando sentirá novamente dor no peito, preparar-se com técnicas e práticas de enfrentamento o ajudará a se sentir mais preparado e controlado.

0 comments… add one

Leave a Comment