Estresse No Trabalho: Como Reduzir e Gerenciar.

Estresse no trabalho: Dicas para reduzir e gerenciar trabalho e estresse no local de trabalho

Nesta economia difícil, muitos de nós estamos achando mais difícil do que nunca lidar com o estresse no ambiente de trabalho. Independentemente do nível de salário ou ocupação, estamos gastando cada vez mais dos nossos dias de trabalho nos sentindo fora de controle, em vez de alerta e relaxado.

Enquanto algum estresse é uma parte normal do local de trabalho, o estresse excessivo pode interferir com a sua produtividade e reduzir a sua saúde física e emocional.

Encontrar maneiras de gerenciar o estresse no local de trabalho não é uma questão de fazer grandes mudanças a cada aspecto de sua vida no trabalho ou repensar as ambições de carreira. Em vez disso, gerência de esforço requer foco sobre uma coisa que está sempre dentro de seu controle: você.

Neste artigo:

  • Lidar com o estresse no trabalho
  • Sinais de alerta
  • Cuidar de si mesmo
  • Priorizando e organizando
  • Melhoria da inteligência emocional
  • Quebrar hábitos ruins
  • O que os gerentes ou empregadores podem fazer

Lidar com o estresse no trabalho em clima incerto de hoje

Para os trabalhadores em todos os lugares, a economia conturbada pode parecer uma montanha-russa emocional. “Demissões” e “cortes no orçamento” tornaram-se proverbiais no local de trabalho, e o resultado é mais medo, incertezas e níveis mais elevados de estresse.

À medida que você vai sendo cada vez mais exigido, especialmente em tempos de crise econômica, é importante aprender novas e melhores formas de lidar com a pressão.

A capacidade de gerenciar o estresse no ambiente de trabalho não só pode melhorar sua saúde física e emocional, como pode também fazer a diferença entre o sucesso ou fracasso no trabalho.

Suas emoções são contagiosas e o estresse tem um impacto sobre a qualidade de suas interações com outras pessoas. Quanto mais você vai afetar positivamente as pessoas ao seu redor, menos outras pessoas afetará negativamente você.

Pdf grátis: 3 coisas que você está fazendo agora que está piorando sua ansiedade e pânico. E como resolver em 2 dias.

Você pode aprender a gerenciar o estresse provocado pelo trabalho

Há uma variedade de passos que você pode tomar para reduzir os níveis de estresse geral e o estresse que você encontra no local de trabalho. Estes passos incluem:

  • Assumir a responsabilidade para melhorar seu bem-estar físico e emocional.
  • Evitar armadilhas, identificando hábitos e atitudes negativas que adicionam mais estresse no trabalho.
  • Melhorar comunicação para facilitar e melhorar seus relacionamentos com os colegas de trabalho.

Dica 1: Reconhecer sinais de estresse excessivo no trabalho

Quando você sentir-se oprimido no local de trabalho, você perde a confiança e pode tornar-se irritado ou isolado. Isso pode torná-lo menos produtivo e menos eficaz em seu trabalho e fazer o trabalho parecer menos gratificante.

Se você ignorar os sinais de estresse no trabalho, eles podem levar a problemas maiores. Além de interferir com a satisfação e desempenho no trabalho, o estresse crônico ou intenso também pode levar a problemas de saúde física e emocional.

Sinais e sintomas de estresse no local de trabalho e trabalho excessivo

  • Sentir-se ansioso, irritado ou deprimido
  • Apatia, perda de interesse no trabalho
  • Problemas para dormir
  • Fadiga
  • Dificuldade de concentração
  • Tensão muscular ou dores de cabeça
  • Problemas de estômago
  • Isolamento social
  • Perda de libido
  • Usar álcool ou drogas para lidar com o estresse

Causas comuns de estresse excessivo no local de trabalho

  • Medo de ser despedido
  • Mais horas extras devido a cortes de pessoal
  • Pressão para atender às crescentes expectativas, mas sem aumento na satisfação profissional
  • Pressão para trabalhar nos níveis máximos – o tempo todo!

Dica 2: Reduzir o estresse do trabalho cuidando de si mesmo

Quando o estresse no trabalho interfere com a capacidade de executar seu trabalho, de gerenciar sua vida pessoal ou afeta negativamente sua saúde, é hora de agir.

Comece a prestar atenção na sua saúde física e emocional. Quando suas necessidades são atendidas, você é mais forte e mais resistente ao estresse. Quanto melhor você se sentir, melhor equipado você vai estar para gerenciar o estresse no trabalho.

Cuidar de si mesmo não requer uma mudança total de estilo de vida. Mesmo pequenas coisas podem levantar seu astral, aumentar sua energia e fazer você se sentir como se estivesse no comando de tudo.

Execute as tarefas um passo por vez, e quando você fizer escolhas de estilo de vida mais positivas, você logo perceberá uma redução nos seus níveis de estresse, tanto em casa como no trabalho.

Aprenda os Segredos para Acabar Com Seus Sintomas de Ansiedade e Síndrome do Pânico Hoje Mesmo

Movimente-se

Exercícios aeróbicos — atividade que aumenta sua frequência cardíaca e te faz suar — é uma forma extremamente eficaz para levantar seu humor, aumentar a energia, foco e relaxar a mente e o corpo.

Para alívio da tensão máxima, tente pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias.

Se é mais fácil de caber em sua programação, separe as atividades em dois ou três partes mais curtas.

Faça escolhas alimentares que mantém você funcionando

Baixo açúcar no sangue pode fazer você sentir ansiedade e irritabilidade, enquanto que comer demais pode deixar você letárgico. Comer refeições pequenas com mais frequência ao longo do dia, você pode ajudar seu corpo manter um mesmo nível de açúcar no sangue e evitar essas variações no humor.

Beber álcool com moderação e evitar a nicotina

Álcool temporariamente reduz a ansiedade e preocupação, mas pode causar ansiedade e depressão depois que o efeito passar. Beber para aliviar o estresse do trabalho também eventualmente pode levar a dependência e abuso de álcool.

Da mesma forma, quando você está se sentindo estressado e sobrecarregado, fumar pode parecer calmante, mas a nicotina é um estimulante poderoso – levando a níveis mais elevados, não inferiores, de ansiedade.

Dormir o suficiente

A preocupação pode causar insônia, mas a falta de sono pode deixá-lo vulnerável a ainda mais estressado(a). Quando você está descansado, é muito mais fácil manter o seu equilíbrio emocional, um fator essencial para lidar com o estresse de trabalho.

Dica 3: Reduza o estresse do trabalho ao priorizar e organizar

Quando estresse de trabalho e ambiente de trabalho ameaçam oprimi-lo, existem etapas simples que você pode tomar para recuperar o controle sobre si mesmo e a situação.

Sua recém descoberta capacidade para manter um senso de autocontrole em situações estressantes geralmente será bem recebida pelos colegas de trabalho, gerentes e subordinados , que podem levar a melhores relacionamentos com você no local de trabalho.

Aqui estão algumas sugestões para reduzir o estresse de trabalho, priorizando e organizando suas responsabilidades.

Dicas de gerenciamento de tempo para reduzir o estresse de trabalho

  • Criar uma agenda equilibrada. Analisar seu agendamento, responsabilidades e tarefas diárias. Tente encontrar um equilíbrio entre trabalho e vida familiar, atividades sociais e atividades solitárias, responsabilidades diárias e tempo de inatividade.
  • Não se comprometa em fazer mais do que pode. Evitar agendamento de coisas consecutivas ou tentar fazer caber todas as tarefas em um dia em um dia. É normal subestimarmos quanto tempo as coisas vão levar. Se você tem o famoso “um milhão de coisas para fazer”, separe as tarefas verdadeiramente importantes das demais. Coloque as tarefas que não são verdadeiramente necessárias na parte inferior da lista ou elimine-as totalmente.
  • Faça pausas regulares . Certifique-se de fazer pausas curtas durante todo o dia para dar um passeio ou ficar sem fazer nada e limpar sua mente. Também tente ficar longe de sua estação de trabalho. Ficar fora do trabalho para brevemente relaxar e recarregar irá ajudá-lo a ser mais produtivo, não menos.

Dicas de gerenciamento de tarefa para reduzir o estresse de trabalho

  • Priorizar tarefas. Fazer uma lista de tarefas, você tem que fazer e abordá-las em ordem de importância. Fazer primeiro os itens de alta prioridade. Se você tiver algo particularmente desagradável para fazer, faça logo cedo. O resto do seu dia será mais agradável como resultado.
  • Quebrar projetos em pequenos passos. Se um projeto de grande porte parece esmagador, faça um plano passo a passo. Concentrar-se em uma única etapa gerenciável por vez, em vez de tentar fazer tudo de uma vez.
  • Delegar tarefas. Você não precisa fazer tudo sozinho. Se outras pessoas podem cuidar da tarefa, por que não deixá-las? ao se livrar da vontade de controlar ou supervisionar cada pequeno passo, você vai estar se livrando de estresse desnecessário no processo.
  • Estar disposto ao compromisso. Quando você pergunta a alguém para contribuir de forma diferente para uma tarefa, rever um prazo, ou alterar seu comportamento no trabalho, esteja disposto a fazer o mesmo.

Dica 4: Reduzir o estresse de trabalho, melhorando a inteligência emocional

Aprender a reconhecer o estresse oculto

Mesmo se você estiver em um trabalho onde o ambiente tem ficado cada vez mais estressante, você pode ter uma grande medida de autocontrole e autoconfiança entendendo e praticando a inteligência emocional.

Inteligência emocional é a capacidade de gerenciar e usar suas emoções de forma positiva e construtiva. Inteligência emocional é uma questão de comunicar melhor com os outros de forma a atrair pessoas para você, superar as diferenças, reparar sentimentos feridos e aliviar a tensão e estresse.

Inteligência emocional no local de trabalho:

Inteligência emocional no local de trabalho tem quatro componentes principais:

  • Autoconsciência – A capacidade de reconhecer suas emoções e seu impacto enquanto estiver usando sentimentos para orientar suas decisões.
  • Autogestão – A capacidade de controlar suas emoções e comportamento e adaptar-se às novas circunstâncias.
  • Consciência social – A capacidade de perceber, entender e reagir às emoções dos outros e se sentir confortável socialmente.
  • Gestão de relacionamento – A capacidade de inspirar, influenciar e conectar-se aos outros e gerenciar conflitos.

Aprenda os Segredos para Acabar Com Seus Sintomas de Ansiedade e Síndrome do Pânico Hoje Mesmo

As cinco principais habilidades da inteligência emocional

Existem cinco competências-chave que você precisa para dominar a fim de aumentar sua inteligência emocional e gerenciar o estresse no trabalho.

  • Saber quando você está estressado, reconhecer sua reação ao estresse específico e familiarizar-se com coisas que podem acalmar e energizá-lo rapidamente. É a melhor maneira de reduzir o estresse rapidamente através dos sentidos: através da visão, som, cheiro, paladar e toque. Mas cada pessoa reage de maneira diferente a uma entrada sensorial, então você precisa descobrir as coisas que são calmantes para você.
  • Permanecer conectado à sua experiência emocional interna para que possa gerir adequadamente suas próprias emoções. Suas emoções de momento a momento influenciam seus pensamentos e ações, então preste atenção a seus sentimentos e considere-os em sua tomada de decisão no local de trabalho. Se você ignorar suas emoções não conseguirá compreender plenamente suas próprias motivações e necessidades, ou comunicar eficazmente com os outros.
  • Reconhecer e utilizar eficazmente as pistas não-verbais que compõem 95-98% de nosso processo de comunicação. Em muitos casos, o que dizemos são menos importante do que como nós dizemos isso ou os outros sinais não-verbais que enviamos, tais como o contato com os olhos, expressão facial, tom de voz, postura, gesto e toque. As mensagens não-verbais podem produzir uma sensação de interesse, confiança e desejo de conexão que podem gerar confusão, desconfiança e estresse. Você também precisará ser capaz de ler e responder aos sinais não-verbais que outras pessoas lhe enviam no trabalho.
  • Desenvolver a capacidade para enfrentar desafios com humor. Não há destruidor de estresse melhor do que uma gargalhada calorosa e nada reduz o estresse mais rápido no local de trabalho do que humor mutuamente compartilhado. Mas, se o riso é às custas de outra pessoa, você pode acabar com mais e não menos estresse.
  • Resolver conflitos positivamente . Resolução de conflitos de forma saudável e construtiva pode reforçar a confiança entre as pessoas. Quando lidar com situações emocionalmente carregadas, mantenha o foco no presente ao esquecer velhas mágoas e ressentimentos, conectando-se com suas emoções e ouvindo as palavras e as pistas não-verbais que estão sendo usadas. Se um conflito não pode ser resolvido, opte por terminar o argumento, mesmo se você ainda não concorda.

Dica 5: Reduzir o estresse do trabalho quebrando hábitos ruins

Quando você aprender a gerenciar seu estresse de trabalho e melhorar as suas relações no trabalho, você vai ter mais controle sobre sua capacidade de pensar com clareza e agir adequadamente. Você será capaz de quebrar hábitos que adicionam ao seu stress no trabalho – e você mesmo poderá alterar maneiras negativas de pensar sobre as coisas que só acumulam estresse.

Eliminar comportamentos autodestrutivos

Muitos de nós pioram o estresse no trabalho com pensamentos e comportamentos negativos. Se você contornar estes hábitos autodestrutivos, você descobrirá que o estresse imposto pelo empregador fica mais fácil de manusear.

  • Resistir ao perfeccionismo. Nenhum projeto, situação ou decisão é sempre perfeito, portanto, tentar atingir a perfeição em tudo simplesmente adiciona estresse desnecessário para o seu dia. Quando você definir metas irrealistas para si mesmo ou tenta fazer muito, você está programado a fracassar. Comprometa-se em dar o seu melhor, ninguém pode pedir mais do que isso.
  • Melhorar sua atitude e comportamento. Se você está sempre atrasado, esforce-se para criar o hábito de chegar sempre na hora certa. Se sua mesa é uma bagunça, esforce-se para ser mais organizado; Basta saber onde tudo está. Isso economiza tempo e reduz o estresse. Faça listas de tarefas e risque-as conforme for terminando. Planeja seu dia e siga o calendário — você vai se sentir menos estressado.
  • Mude seu pensamento negativo. Se você ver o lado negativo de cada situação e interação, você vai se ver esvaziado de energia e motivação. Tente pensar positivamente sobre seu trabalho, evite o pensamento negativo dos colegas de trabalho.
  • Não tentar controlar o incontrolável. Muitas coisas no trabalho estão além do nosso controle — especialmente o comportamento de outras pessoas. Concentre-se nas coisas que você pode controlar, como a forma de reagir aos problemas.

Cinco maneiras de dissipar o estresse

  • Dê um tempo. Quando o estresse acumular no local de trabalho, tente fazer uma pausa rápida e afastar-se da situação estressante. Faça um passeio fora do local de trabalho se possível, ou gaste alguns minutos meditando. Movimentar-se fisicamente ou encontrar um lugar tranquilo para recuperar o seu equilíbrio rapidamente pode reduzir o estresse.
  • Falar com alguém. Em algumas situações, simplesmente compartilhar seus pensamentos e sentimentos com alguém que você confia pode ajudar reduzir o estresse. Falar sobre um problema com alguém que é favorável e empático pode ser uma ótima maneira de aliviar o estresse.
  • Conectar-se com outras pessoas no trabalho. Desenvolver amizades com alguns dos seus colegas de trabalho pode ajudar você diminuir os efeitos negativos do estresse. Lembre-se de ouvi-los e oferecer apoio quando estão em necessidade também.
  • Procure humor na situação. Quando usados adequadamente, humor é uma ótima maneira de difundir o estresse no ambiente de trabalho. Quando você ou aqueles em torno de você começar a tomar as coisas muito a sério, encontre uma maneira de aliviar o clima através de uma piada ou história engraçada.

Dica 6: Saiba como gerentes ou empregadores podem reduzir o estresse no trabalho

É do melhor interesse do gestor manter os níveis de estresse no local de trabalho o mínimo possível. Gerentes podem agir como modelos positivos, especialmente em tempos de alta tensão, seguindo as dicas descritas neste artigo. Se um gerente respeitado pode permanecer calmo em situações de trabalho estressantes, é muito mais fácil para seus empregados também manter a calma.

Além disso, há uma série de mudanças organizacionais que gerentes e empregadores podem fazer para reduzir o estresse no local de trabalho. Estas incluem:

Melhorar a comunicação

  • Compartilhar informações com os funcionários para reduzir a incerteza sobre seu trabalho no futuro.
  • Definir claramente os papéis e responsabilidades dos trabalhadores.
  • Fazer comunicação amigável e eficiente.

Consultar seus funcionários

  • Dar aos trabalhadores oportunidades de participação nas decisões que afetam seus postos de trabalho.
  • Consultar os funcionários sobre como programar e trabalhar as regras.
  • Certifique-se de que a carga de trabalho é adequada para os funcionários. Evite prazos irrealistas.
  • Mostra que os trabalhadores são avaliados.
  • Oferece recompensas e incentivos.
  • Elogiar o trabalho de bom desempenho, verbalmente e oficialmente, através de sistemas, como o funcionário do mês.
  • Fornece oportunidades de progressão na carreira.
  • Promova um clima de trabalho “empresarial” que dá aos funcionários mais controle sobre seu trabalho.

Cultivar um clima social amigável

  • Fornece oportunidades de interação social entre os funcionários.
  • Estabelecer uma política de tolerância zero para o assédio.
  • Fazer ações de gerenciamento consistente com os valores organizacionais.
1 comentário… add one

Leave a Comment