Estresse Nos Relacionamentos: 10 Fontes E Seus Antídotos

Circunstâncias estressantes da vida, como não ter dinheiro suficiente para pagar as contas, cuidar de familiares com problemas de saúde ou descobrir como dividir a enorme quantidade de tarefas domésticas, claramente podem criar estresse nos relacionamentos.

Ao mesmo tempo, a maneira como um casal conversa sobre esses problemas estressantes reduz ou amplia as tensões causadas pelo problema inicial.

Discussões conjugais são a última coisa que você precisa quando já está tentando lidar com uma situação difícil.

Infelizmente, o estresse nos relacionamentos aumenta se a maneira como conversamos suscita alguma das seguintes preocupações: 

O Relacionamento Continuará?

A sobrevivência dos relacionamentos, como a sobrevivência pessoal, é uma preocupação primordial.

O que pode ajudar a reduzir as preocupações sobre se seu relacionamento sobreviverá?

Discussões sobre comprometimento podem ajudar.

Se o compromisso de permanecer juntos para sempre não existir, descubra as preocupações subjacentes de você e de seu parceiro.

Coloque em cima da mesa tudo o que é considerado “a gota d’água”.

Esclareça quais pensamentos e medos impedem qualquer um de vocês de um compromisso total.

Veja também: 10 Técnicas De Relaxamento Para Reduzir O Estresse Rapidamente

Meu Parceiro Gosta De Mim Ou Não?

Como a música diz tão bem, quase todo mundo quer RESP

EITO.

O oposto de respeito e carinho é transmitido por críticas, sarcasmo ou tom de voz crítico.

Se você está recebendo críticas excessivas, ou se pronuncia, ou se o tom de voz e de palavras que você usa um com o outro transmite “Você não está bem” em vez de aceitação, discuta o que está por trás dessas mensagens negativas.

Discuta também quem em cada uma de suas famílias de origem pode ter modelado um comportamento depreciativo em relação ao cônjuge.

A consciência leva à mudança.

Além disso, receber mensagens negativas como se fossem normais é um grande erro.

Assim que ouvir palavras ou tom de voz hostis ou desrespeitosos, explique que o tom é desconfortável para você.

Sem feedback, seu parceiro continuará fazendo o mesmo.

Veja também: Como As Emoções De Ameaças Nos Levam A Interpretar Mal Nosso Parceiro

Eu Tenho Poder Igual Aqui?

Equilíbrio de poder significa que ambos têm voz e que consideram a contribuição de cada um de igual importância.

O oposto seria se um de vocês experimentasse o outro como controlador.

Aprenda a valsa em que todos saem ganhando para tomar decisões de uma maneira que lhe dá poder igual.

Essas soluções serão melhores para vocês dois.

Eu Tenho Autonomia?

Paradoxalmente, as pessoas precisam de independência e também de conexão.

Perder sua identidade é um preço muito alto para pagar pela parceria.

O psicólogo Andras Agyal articulou esse paradoxo de maneira brilhante em seu livro de 1965, Neurose e tratamento.

A liberdade de ser uma pessoa autônoma é vital simultaneamente com um sentimento de pertencimento.

O “Incredible String Band” expressa similarmente esse paradoxo nas letras de uma de suas músicas: “O que eu sou? E do que eu faço parte?”.

Se você está estressado porque tem muito pouco senso de estar vivendo sua própria vida, em vez de ser um parceiro(a) em um relacionamento, descubra quais atividades você poderia estar fazendo por conta própria mais atraente e significativo(a) para você.

Veja também: Os Primeiros Estágios De Se Apaixonar

Este Lugar É Seguro?

O comportamento que faz você se sentir inseguro, emocional, física ou economicamente em um relacionamento é sempre fora dos limites.

Se você estiver se sentindo inseguro(a), consulte um programa em sua cidade para vítimas de abuso.

Lembre-se também de que, quando os casais conversam, falhas nas habilidades de comunicação aumentam o estresse.

As habilidades permitem que os jogadores de futebol se tornem um time vencedor.

Habilidades insuficientes aumentam o estresse do time, porque os jogadores tropeçam um no outro, irritam-se por não passarem a bola adequadamente ou chutarem de maneira eficaz, e não realizam o trabalho de marcar gols e vencer.

Casais com habilidades insuficientes se antagonizam inadvertidamente, desencadeando as cinco preocupações listadas acima.

Ao mesmo tempo, eles aumentam o estresse em seu relacionamento por serem menos capazes de encontrar boas soluções para os problemas que enfrentam.

Os cinco déficits de habilidades a seguir têm maior probabilidade de agravar o estresse no relacionamento quando os casais enfrentam situações difíceis:

Frases Que Começam Com “Você”

As frases que começam com a palavra “você” são “cruzadas”.

Isso ocorre porque quando alguém inicia uma frase com a palavra você, a frase cruza o limite que define o espaço da outra pessoa.

Cruzar o limite pode ser criticar, dizer ao outro o que fazer, adivinhar o que a outra pessoa está pensando ou sentindo.

Em todos esses casos, invadir o espaço pessoal de outra pessoa parece ameaçador, e ainda mais se o conteúdo for negativo.

O antídoto para as frases cruzadas são as frases que começam com “eu” e boas perguntas.

A regra é: “Posso falar de mim mesmo (meus pensamentos e sentimentos) ou perguntar sobre o de meu parceiro.

Não posso falar ou assumir que posso adivinhar os pensamentos ou sentimentos de meu parceiro”.

Em vez disso, pergunte.

Entra Por Um Ouvido E Sai Pelo Outro, Em Vez De Ouvir Para Entender E Digerir.

Se você ouvir o que está errado e ignorar, a pessoa que acabou de compartilhar informações com você ficará estressada.

Se o seu parceiro rejeitar o que você tenta transmitir, você se sentirá estressado.

Aprenda boas habilidades de escuta.

Caso contrário, o diálogo é como jogar bola com alguém que sempre deixa a bola cair.

Deixar Acumular Emoções Negativas, Principalmente A Raiva.

Ficar excessivamente emocional, defensivo ou agressivo, muda o tom de amigável para adversário.

Quando um relacionamento se torna contraditório, os benefícios de afeto, apoio e afins evaporam.

A raiva mina os sentimentos de que o relacionamento é seguro e solidário.

Decida como um casal que, se algum de vocês começar a sair da zona calma e ficar com raiva, os dois sairão brevemente em cômodos separados para se acalmar.

Veja também: Como Reduzir A Ansiedade Para Que Você Possa Se Sentir Calmo E Pensar Com Clareza

Ficar Calado Sobre As Preocupações, Para Que Não Provoquem Uma Briga.

Essa rota aparentemente segura não é tão segura.

Se comportar como uma múmia quando algo é estressante para você provavelmente permitirá que a situação continue e faça com que seu estresse floresça.

Evitar falar diminui o senso de poder pessoal em um relacionamento e convida à depressão.

É melhor aprender a levantar questões de maneira suave, para que vocês possam conversar de maneira produtiva.

Dominar Para Conseguir O Que Quer, Insistindo, Convencendo E Provando Que Você Está Certo.

Se você quer uma coisa e seu parceiro outra, corre o risco de iniciar uma batalha estressante para ver quem vencerá e quem perderá.

O truque de mágica para reduzir os níveis crescentes de estresse em torno de quem conseguirá o que deseja é deixar de defender a própria preocupação.

Em vez disso, explique por que você deseja o que sugeriu.

Descubra as preocupações que motivam seu parceiro(a) a querer algo diferente.

Depois de entender os porquês e as preocupações subjacentes, criar uma solução em que todos saem ganhando pode se tornar uma atividade divertida e criativa.

É uma situação ganha-ganha.

Sem a tomada de decisões colaborativa, é provável que um de vocês acabe ganhando e o outro perdendo.

Essa é uma receita para o estresse do relacionamento.

Veja também: 7 Maneiras De Acalmar Sua Mente Preocupada E Reduzir A Ansiedade

Em Suma, O Que Você Pode Fazer Para Minimizar Essas Fontes De Estresse No Relacionamento?

Aprenda habilidades.

A vida, inevitavelmente, de tempos em tempos coloca desafios estressantes no caminho de cada casal.

Você e seu parceiro de vida podem conversar tranquilamente quando questões sensíveis surgirem, compartilhar suas preocupações, ouvir e realmente entender as perspectivas uns dos outros e criar um plano de ação que seja positivo para os dois?

Caso contrário, não há necessidade de entrar em pânico.

O jogo ainda não acabou.

Você só precisa aprender e praticar as habilidades que permitem estar em uma parceria comprometida para ser uma adição segura à sua vida.

Se suas habilidades para conversar em conjunto sobre questões sensíveis forem suficientes, o estresse se tornará uma oportunidade de aproveitar os benefícios de uma verdadeira parceria.

Trabalhar em soluções para os desafios entre vocês dois, é assim que a união traz as maiores bênçãos de carinho e uma vida compartilhada com alegria.

0 comments… add one

Leave a Comment