Transtorno Da Ansiedade Social: Causas, Sintomas E Diagnóstico

O transtorno de ansiedade social, às vezes chamado de fobia social, é um tipo de transtorno de ansiedade que causa extremo medo em ambientes sociais.

Pessoas com esse distúrbio têm dificuldade para conversar com pessoas, conhecer novas pessoas e participar de reuniões sociais.

Elas temem ser julgadas ou examinadas por outros.

Elas podem entender que seus medos são irracionais ou irracionais, mas se sentem impotentes para vencê-los.

A ansiedade social é diferente da timidez.

A timidez é geralmente de curto prazo e não atrapalha a vida de alguém.

A ansiedade social é persistente e debilitante.

Pode afetar a capacidade de:

  • trabalhar
  • frequentar a escola
  • desenvolver um relacionamento próximo com pessoas fora da família

Aproximadamente 10 milhões de brasileiros adultos têm transtorno de ansiedade social.

Os sintomas desse distúrbio podem começar por volta dos 13 anos de idade.

A interação social pode causar os seguintes sintomas físicos:

  • rubor
  • náusea
  • suor excessivo
  • tremedeira
  • dificuldade em falar
  • tonturas
  • ritmo cardíaco acelerado

Os sintomas psicológicos podem incluir:

  • preocupar-se intensamente com situações sociais
  • Preocupação exagerada por dias ou semanas antes de um evento
  • Evitar situações sociais ou tentar se misturar com o plano de fundo, se você precisar participar
  • se preocupar em se envergonhar em uma situação social
  • Medo que outras pessoas notem que você está estressado ou nervoso
  • Precisar de álcool para enfrentar uma situação social
  • faltar de escola ou trabalho por causa da ansiedade

Às vezes, é normal sentir-se ansioso.

Veja também: Ansiedade Social E Uso De Álcool: Um Relacionamento Complexo

No entanto, quando você tem fobia social, tem um medo constante de ser julgado por outros ou humilhado na frente deles.

Você pode evitar todas as situações sociais, incluindo:

  • Fazer uma pergunta
  • entrevista de emprego
  • compras
  • Usar banheiros públicos
  • Falar no telefone
  • Comer em público

Os sintomas de ansiedade social podem não ocorrer em todas as situações.

Você pode ter ansiedade limitada ou seletiva.

Por exemplo, os sintomas podem ocorrer apenas quando você está comendo na frente de pessoas ou conversando com estranhos.

Os sintomas podem ocorrer em todas as configurações sociais, se você tiver um caso extremo.

A causa exata da fobia social é desconhecida.

No entanto, a pesquisa atual apoia a ideia de que é causada por uma combinação de fatores ambientais e genéticos.

Experiências negativas também podem contribuir para esse distúrbio, incluindo:

  • assédio moral
  • conflito familiar
  • abuso sexual

Anormalidades físicas como um desequilíbrio de serotonina podem contribuir para essa condição.

A serotonina é uma substância química no cérebro que ajuda a regular o humor.

Uma amígdala hiperativa (uma estrutura no cérebro que controla a resposta ao medo e sentimentos ou pensamentos de ansiedade) também pode causar esses distúrbios.

Veja também: Tratamento De Ansiedade Social: 12 Maneiras Garantidas De Superar

Transtornos de ansiedade podem ocorrer em famílias.

No entanto, os pesquisadores não sabem ao certo se estão realmente ligados a fatores genéticos.

Por exemplo, uma criança pode desenvolver um transtorno de ansiedade aprendendo o comportamento de um dos pais que tem um transtorno de ansiedade.

As crianças também podem desenvolver distúrbios de ansiedade como resultado de serem criadas em ambientes controladores ou superprotetores.

Não há exame médico para verificar se há transtorno de ansiedade social.

O seu médico diagnosticará fobia social a partir de uma descrição dos seus sintomas.

Eles também podem diagnosticar fobia social após examinar certos padrões comportamentais.

Durante sua consulta, seu médico pedirá que você explique seus sintomas.

Eles também pedirão que você fale sobre situações que causam seus sintomas.

Os critérios para o transtorno de ansiedade social incluem:

  • um medo constante de situações sociais devido ao medo de humilhação ou constrangimento
  • sentir-se ansioso ou em pânico antes de uma interação social
  • uma percepção de que seus medos são irracionais
  • ansiedade que perturba a vida diária

Vários tipos de tratamento estão disponíveis para o transtorno de ansiedade social.

Os resultados do tratamento diferem de pessoa para pessoa.

Algumas pessoas precisam apenas de um tipo de tratamento.

No entanto, outros podem exigir mais de um.

O seu médico pode encaminhá-lo a um médico especialista para tratamento.

Às vezes, os prestadores de cuidados primários podem sugerir medicamentos para tratar os sintomas.

As opções de tratamento para o transtorno de ansiedade social incluem:

Veja também: Dolorosamente Tímido: É A Hora De Ter Uma Vida Social Melhor

Terapia cognitiva comportamental

Essa terapia ajuda você a aprender como controlar a ansiedade através do relaxamento e da respiração, e como substituir os pensamentos negativos pelos positivos.

Terapia de exposição

Esse tipo de terapia ajuda a enfrentar gradualmente situações sociais, em vez de evitá-las.

Terapia de Grupo

Essa terapia ajuda você a aprender habilidades e técnicas sociais para interagir com pessoas em ambientes sociais.

Participar da terapia de grupo com outras pessoas que têm os mesmos medos pode fazer você se sentir menos sozinho.

Isso lhe dará a chance de praticar suas novas habilidades através da interpretação de papéis.

Os tratamentos em casa incluem:

Evitar cafeína

Alimentos como café, chocolate e refrigerante são estimulantes e podem aumentar a ansiedade.

Dormir bastante

Recomenda-se dormir pelo menos oito horas por noite.

A falta de sono pode aumentar a ansiedade e piorar os sintomas da fobia social.

O seu médico pode prescrever medicamentos que tratam a ansiedade e a depressão se a sua condição não melhorar com a terapia e as mudanças no estilo de vida.

Esses medicamentos não curam o transtorno de ansiedade social.

No entanto, eles podem melhorar seus sintomas e ajudá-lo a funcionar em sua vida diária.

Pode levar até três meses para que a medicação melhore seus sintomas.

O seu médico pode começar com uma dose baixa de medicamento e aumentar gradualmente sua prescrição para evitar efeitos colaterais.

Os efeitos colaterais comuns desses medicamentos incluem:

  • insônia (insônia)
  • ganho de peso
  • dor de estômago
  • falta de desejo sexual

Converse com seu médico sobre os benefícios e riscos para decidir qual tratamento é o ideal para você.

Cerca de 36% das pessoas com ansiedade social não falam com um profissional de saúde até que tenham sintomas há pelo menos 10 anos.

Pessoas com fobia social podem contar com drogas e álcool para lidar com a ansiedade desencadeada pela interação social.

Se não tratada, a fobia social pode levar a outros comportamentos de alto risco, incluindo:

  • abuso de álcool e drogas
  • solidão
  • pensamentos de suicídio

As perspectivas de ansiedade social são boas com o tratamento.

Terapia, mudanças no estilo de vida e medicamentos podem ajudar muitas pessoas a lidar com a ansiedade e a função em situações sociais.

A fobia social não precisa controlar sua vida.

Embora possa demorar semanas ou meses, a psicoterapia e/ou medicação podem ajudá-lo a começar a se sentir mais calmo e mais confiante em situações sociais.

Veja também: 7 Coisas Que As Pessoas Que Têm Ansiedade Social Costumam Fazer

Mantenha seus medos sob controle:

  • reconhecendo os gatilhos que fazem você se sentir nervoso ou descontrolado
  • praticando técnicas de relaxamento e respiração
  • tomando seu medicamento conforme indicado

Newsletter Auto Ajuda Em Foco

Receba nossos e-mails com técnicas avançadas para tratamento da ansiedade

Dicas semanais de enfrentamento científico e histórias pessoais, além de como melhorar sua saúde mental.

0 comments… add one

Leave a Comment