Evite Os 10 Maiores Erros Que As Mulheres Cometem Depois Do Divorcio

Como se curar da ferida de um divórcio.

Estas são as 10 maiores razões para as mulheres continuarem depressivas depois de um divórcio e como evitar cada um desses erros comuns e devastadores.

Erro Número 1: Se Achar Um Fracasso.

Você está passando pela vida com uma tatuagem permanente na sua testa?

Não importa o que você faça ou as circunstâncias do seu divórcio, você sente que a palavra fracassada está estampada na sua testa e na sua mente?

Você provavelmente já esteve em um grupo de mulheres, que você achava que eram suas amigas, e de repente essa tatuagem começa a brilhar como uma luz fluorescente.

Ninguém sabe o que dizer, ficam apenas com aquela cara de pena.

Em uma situação dessas, você com certeza iria querer duas coisas apenas: ir para casa e se esconder.

Isso é muito desconfortável.

Mas a verdade é que, é desconfortável porque você se sente como uma fracassada.

E esses sentimentos ficam tão transparentes que essa crença criou a energia “eu sou uma fracassada“ que você vai carregar com você.

Todo mundo que entrar em contato com você vai sentir isso.

Você vira um fracasso porque acreditou que era um fracasso.

Você escreveu a tatuagem “fracassada“ na testa… E só você pode tirar isso.

Se você deliberadamente escolheu se sentir como uma fracassada, quais são suas outras opções disponíveis?

Você pode escolher se sentir “livre finalmente“…

Você pode escolher se sentir “entusiasmada com a possibilidade de uma vida totalmente nova“…

Você pode escolher se sentir “sexy e adorável do jeito que você é“…

Vamos ser honestos aqui: quem você é e o que você pensa de você mesma são coisas que estão totalmente no seu controle.

Se você se recusar a mostrar essa imagem de fracassada, quais são os outros pensamentos que você vai ter?

“Você não é um fracasso“.

Muitas mulheres escolheram mudar de pensamento.

Muitas mulheres que passaram por um divórcio e escolheram mudar de pensamento estão agora mais felizes e mais saudáveis do que jamais imaginaram ser possível.

Por quanto tempo você vai usar a desculpa do fracasso para continuar né nessa miséria?

A desculpa do fracasso não está servindo você nem está ajudando você a seguir em frente com sua vida.

De fato, é uma das principais coisas que está estão travando você.

Tudo o que você precisa fazer é aceitar esse fato simples: se o casamento falhou, não foi você que falhou.

Simples assim.

Isso não significa que você é um fracasso (você faz essa escolha).

Veja também: 7 Maneiras De Salvar Seu Casamento (Quando Você Já Não Tem Mais Esperança)

Erro Número 2: Não Sentir Seus Sentimentos.

Sim, você se sente péssima.

E quem é que quer se sentir assim o tempo todo?

Se você pudesse comprar remédios para felicidade e se sentir melhor instantaneamente, você compraria uma caixa inteira desse remédio.

Você também pode simplesmente voltar do trabalho e abrir uma garrafa de vinho… Ou duas… Ou três… Ou mais.

Esse é o caso de muitas mulheres, recorrer a bebida.

Porém, o tempo vai passar e você vai continuar se sentindo horrível… E a única coisa que mudou de fato foi que você passou a comprar vinhos mais baratos e as ressacas ficaram piores.

Se você usar antidepressivos, remédios para dormir, calmantes, vinho ou qualquer outra bebida alcoólica, o resultado final é um só: você anula a única coisa que pode colocar você no caminho da cura.

Você não pode curar o que você não pode sentir.

Duvida?

Pergunte para qualquer mulher divorciada que está feliz se ela conseguiu a solução com drogas e álcool.

Entrar no seu inconsciente, sentir e ficar do lado da sua dor é mais eficiente do que escolher ignorar esses sentimentos dolorosos completamente.

Essa é a parte de você que não está adormecida ou paralisada.

Essa é a parte de você que estava feliz, entusiasmada e que não ligava para nada.

A mulher que você era antes de casar, quando você estava cheia de esperanças.

Para voltar para quem você era, você tem que se livrar do desejo de ignorar esses sentimentos.

Você deve estar disposta a se sentir triste.

Dê ao seu lado depressivo a chance de falar.

Ouça a sabedoria que esse lado tem.

Seu lado triste vai se transformar e vai entregar poderosas lições.

Seu poder para curar está na sua vulnerabilidade e na sua disposição de ficar do lado da sua dor.

Erro Número 3: Procurar Vingança.

Divórcio é um evento da vida onde você pode ficar cara a cara com seu lado diabólico, maldoso.

Se o medo e sofrimento é tão grande que você fica travada em uma conversa sem fim com você mesma: “Como ele teve a capacidade de fazer o que fez?” “Eu vou me vingar de algum jeito”.

“Como que eu posso ser tão burra?” “Como eu vou conseguir fazer isso sozinha?”

Um jeito garantido de ficar amarrada no passado é focar nessas perguntas e sofrimentos.

Histórias de vingança são as mais absurdas.

Limpar o vaso sanitário com a escova de dentes dele, colocar cinzas no café dele, usar super-bonder para colar o “órgão infiel“ dele na perna dele, transar com o melhor amigo dele…

Só existe um jeito de sair dessa bagunça maluca: deixar ele sumir.

A vingança mais doce que você vai ter é superar o divórcio rapidamente e seguir logo para uma vida mais feliz.

É impossível seguir em frente se você ficar travada nos sentimentos de culpa e raiva.

Culpar alguém ou alguma coisa vai manter você na miséria de um casamento rompido para sempre.

Abandone ele e a vida que vocês tiveram.

O relacionamento que você tem com você mesma é o grande segredo para uma vida nova.

Veja também: 6 Formas Como Você Está Inconscientemente Sabotando Seu Amor (E Sua Vida)

Erro Número 4: Estar Sozinha Não Significa Solidão.

A dor mais comum de todas as mulheres divorciadas é o sentimento de vazio.

Esse sentimento é muito mais do que se sentir sozinha.

É um sentimento de vazio por estar solteira e sem um parceiro, depois de anos de casamento.

Você se sente totalmente sozinha, mas não está.

Você ainda está com você mesma.

E você é única pessoa que vai estar lá para te ajudar independentemente de qualquer coisa.

Antes do casamento, durante o casamento e depois do divórcio.

A qualidade da sua vida é completamente dependente da qualidade do relacionamento que você tem com você mesma.

Você deu uma olhada em você mesma ultimamente?

Muitas mulheres procuram evitar elas mesmas.

Não é incomum ganhar peso, odiar a forma física e aparência, odiar a aparência do rosto e a forma física.

É necessário fazer uma mudança drástica na relação que você tem com você mesma.

Levante mais cedo e experimente meditar por 30 minutos… ou escreva em um diário.

Isso vai ajudar você a diminuir o diálogo negativo na sua cabeça e ficar mais presente.

Escrever sobre você mesma em um caderno é uma oportunidade para você redescobrir quem você é e criar a vida que você quer.

Erro Número 5: Achar Que É Forte O Suficiente Para Superar Tudo Sozinha.

“Eu consigo superar isso. Só mais alguns dias e eu vou começar a me sentir melhor“.

Pelo menos é o que você fala para você mesma.

Talvez a realidade seja outra, você pode estar se isolando ou desenvolvendo algum comportamento que vai piorar sua situação em vez de melhorar.

A esperança é achar que os sentimentos positivos estão prestes a aparecerem, mas nunca aparecem.

Ao recusar a receber algum tipo de ajuda, você prolonga seu estado crítico.

Superar e seguir em frente é uma emergência.

É necessário sair dessa areia movediça e sentir a capacidade de fazer as coisas do cotidiano e de voltar a sorrir.

Terapeutas, Psicólogos e Psiquiatras podem ajudar, mas eventualmente você não vai querer ficar falando exaustivamente sobre a separação.

Um tipo de ajuda eficaz é um coach.

Um plano de ação e alguém supervisionando você pode ser muito poderoso.

Só você pode decidir que tipo de ajuda é melhor para você, mas receber ajuda é importante.

Você precisa de outra pessoa para ajudar você a acordar.

Alguém que vai fazer você enxergar as partes da história que são fatos e as partes que são ficção.

Pensamentos podem criar tantas dúvidas e preocupações que a ficção se transforma em fatos e você acaba acreditando em coisas que nunca foram verdades.

Veja também: Como Ser Solteira Depois De Um Relacionamento: 16 Maneiras De Recomeçar

Eu Número 6: Ficar Pensando No Que Você Deveria Ter Feito.

Já parou para reparar no quanto você pensa nas suas circunstâncias atuais?

Quanto tempo você passa pensando no que deveria ou poderia ter feito ou dito para seu ex-marido?

Esses pensamentos e diálogos aceleram sem parar.

É um círculo vicioso de medo, arrependimento e outros sentimentos negativos.

É um filme de terror que passa na sua cabeça o tempo todo.

É difícil aceitar, mas você tem que aceitar.

Enquanto você não aceitar sua vida exatamente do jeito que está, você vai cozinhar a receita da miséria todos os dias.

Se você quer vingança, então escolha se tornar a mulher mais feliz do planeta.

Você não vai apenas mostrar para ele, você vai mostrar para você.

Ser feliz é muito mais legal do que todos aqueles diálogos que correm na sua cabeça.

Controle o que você diz para você mesma e você controla sua vida.

Erro Número 7: Necessidade De Estar Certa.

Quando você fica amarrada em estar certa sempre, você está vivendo no passado.

Achar que ele estava errado é uma recompensa psicológica.

Além disso, você revive aquele drama onde você jurava que jamais estaria errada novamente.

Se você continuar não querendo ver seu casamento de forma diferente, você vai dar mais poder para seu marido.

Essa necessidade de estar certa deixa ele controlar suas emoções e sua felicidade.

É isso que você realmente quer?

Ser controlada para sempre pelo seu ex-marido?

Essa é a realidade amarga de estar certa em um relacionamento.

Enquanto acha que está certa, você também vai limitar seu acesso a todas as suas emoções positivas.

É frustrante ver acontecendo coisas ótimas na sua vida e não senti-las, como todo mundo sente.

Quando você estiver pronta para assumir a parte que você foi responsável pelo fracasso do casamento, você terá o poder de volta.

Erro Número 8: Ficar Com A Cama Que Dividia Com Ele.

Quando a poeira do divórcio baixar e vocês dividirem tudo para viver em vidas separadas, desfaça do máximo de coisas que você puder.

Especialmente a cama.

Objetos tem energia e conexões emocionais com você e com seu coração.

É um alívio se livrar dessas conexões o mais rápido que você puder.

Sim, algumas dessas coisas que você adquiriu representam um investimento significativo, tanto financeiro quanto emocional.

Esse processo de se livrar de objetos geralmente é o mais difícil.

Comece pela cama.

Com sentimentos de raiva, culpa, ressentimento e fracasso que aparecem com o divórcio, a cama se transforma em um símbolo da sua dor.

Muitas mulheres guardam tudo.

Roupas, calçados, papéis, louça, sofá e cama… Se você quer criar uma vida nova, você pode começar se desfazendo desses objetos com conexões emocionais.

A cama é o objeto que vai produzir o maior efeito.

Se o seu ex-marido pedir a cama, não pense duas vezes para dar.

Se livrar do máximo possível de objetos que fazem você lembrar do seu ex-marido é uma sensação de liberdade incrível.

Finalmente você vai ter espaço na sua vida para coisas novas.

Quando você deixa essas coisas irem embora, você entra em contato com quem você é por trás de todos esses objetos.

Veja também: 7 Coisas Que As Mulheres Altamente Confiantes Fazem De Forma Diferente

Erro Número 9: Namorar O Mesmo Homem Novamente.

Sim.

Isso é o que acontece.

Ele tem um corpo diferente e um nome diferente.

Mas depois que você passar um tempo com ele, a máscara dele vai cair e você vai descobrir que você está em um relacionamento com o mesmo homem que você divorciou!

Como isso acontece?

Isso é um fenômeno da natureza humana.

Enquanto você não mudar, você vai atrair as mesmas lições de vida e os mesmos tipos de homens.

Isso acontece porque você não investiu tempo no trabalho espiritual.

Você precisa encarar a lição que seu casamento trouxe para você.

Enquanto você não entender e aceitar a parte de você que atrai um homem como seu ex-marido, você vai continuar atraindo o mesmo tipo de homem.

O relacionamento que você cria com você mesma é o que determina sua atração magnética.

Chega de homens como seu ex-marido!

Dessa vez você quer uma coisa totalmente diferente.

Para fazer isso, você precisa separar um tempo para melhorar o relacionamento com você mesma primeiro.

Erro Número 10: Fazer Escolhas Para Os Filhos Gostarem De Você.

Existem momentos em que filhos param de gostar da mãe de uma hora para outra.

Divórcio é um desses momentos.

Seus filhos vão aprender a viver e crescer em um lar rompido.

Seu papel é mudar o que isso significa para eles.

Se eles enxergarem a vida familiar como uma família destruída, provavelmente é assim que você enxerga.

Seu medo e apreensão cria a realidade na sua casa.

Você não consegue ignorar isso e fingir que não existe.

Você não consegue comprar brinquedos ou eletrônicos o suficiente para fazer os filhos se sentirem melhores.

Quer fazer seus filhos gostarem de você?

Você tem que gostar de você.

Seus filhos podem viver e crescer em uma família saudável com apenas um dos pais que honra a si mesmo, que tem auto respeito.

Quando você vive sua vida de acordo com sua verdade e quando você fala sua verdade abertamente, é assim que suas crianças aprendem.

Elas aprendem o valor da integridade e aceitação, e não da culpa e do medo.

Se eles crescerem em uma família onde o amor entre pais e filhos são sinônimos de ressentimento e manipulação, é assim que eles vão ser no futuro.

Continue sendo verdadeira com você mesma e seus filhos vão entender e vão ser mais comunicativos.

Conclusão.

Essa lista é o ponto de partida se você está passando por um doloroso divórcio e não consegue superá-lo.

É garantido que se você evitar essas 10 observações, muito em breve você não vai mais sentir tristeza, solidão, insegurança, culpa e especialmente a sensação de ser um fracasso.

Mulheres divorciadas que estão agora melhores do que nunca são as mulheres que evitaram esses 10 erros ou aprenderam a evitar esses erros no caminho.

Evite tudo isso e, além de superar seu divórcio em tempo recorde, você jamais vai atrair um homem exatamente igual seu ex-marido novamente.

0 comentários… add one

Leave a Comment