O Amor E O Desejo Sexual Podem Coexistir Em Um Relacionamento?

O amor e o respeito podem ser confundidos pelo desejo sexual?

Eu tenho uma teoria: se você ama alguém e tem um grande respeito pelo seu parceiro, pode ter problemas para sentir tesão.

O amor pode manter duas pessoas juntas, e o tesão pode manter o relacionamento vivo.

No entanto, o que acontece quando o “respeito” atrapalha?

De alguma forma, luxúria e respeito não funcionam bem juntos.

Você pode estar pensando que a luxúria é apenas o desejo de sexo sem se importar com os sentimentos do seu parceiro.

Talvez seja verdade, mas antes de prosseguir, acho que é necessária uma definição de luxúria.

De acordo com o Dicionário Webster, ele tem significados menos terríveis do que você imagina a princípio.

Desejo Pode Ser:

  1. Um desejo avassalador.
  2. Um desejo intenso.
  3. Um desejo sexual extremo.

Vamos examinar algumas definições de desejo junto com meus comentários sobre cada uma:

1. Um Desejo Avassalador.

Não é tão ruim, certo?

Isso pode se aplicar a qualquer coisa que você sempre quis em sua vida, como um desejo por chocolate.

Um desejo por doces.

Isso poderia implicar “entusiasmo”, como um desejo pela vida.

É bom estar entusiasmado com alguma coisa.

2. Um Desejo Intenso.

Isso pode ser um desejo intenso de alguém ou qualquer coisa.

Também não há nada seriamente errado nisso.

3. Um Desejo Sexual Extremo.

Webster continua dizendo: “Um desejo sexual intenso ou desenfreado”.

Ok, agora estamos chegando perto do lado travesso.

Podemos dizer que é uma necessidade física por alguém.

Então, o que é amor?

Podemos dizer que, se amamos alguém, não precisamos de desejo sexual?

Talvez sim.

Muitos relacionamentos funcionam assim, duas pessoas se amando e se respeitando.

Ah, tem essa palavra R!

Não, não de “relacionamento”.

Estou me referindo a “respeito”.

A premissa desta discussão é determinar como o respeito pode impedir os fortes sentimentos emocionais de luxúria que podem ajudar a tornar romântico um relacionamento saudável.

De Alguma Forma, Desejo Sexual E Respeito Não Funcionam Bem Juntos.

O Dilema Do Amor, Do Desejo E Do Respeito

Algumas pessoas se comportam de tal maneira que só podem cobiçar as outras quando não as respeitam.

Encontrei algum acordo entre homens e mulheres sobre isso.

Também encontrei outros que negam que o desejo tenha algo a ver com um relacionamento saudável.

Permita-me propor esta ideia para contemplar um pouco.

Quando um homem respeita uma mulher, ele não pode amá-la com um sentimento completo de desejo sexual.

Essa é uma afirmação forte para eu fazer.

Certamente não se aplica a todos os homens.

Contudo, da minha observação, isso explica a atitude mental de alguns homens.

Na minha opinião, quem funciona dessa maneira em um nível profundo só pode amar alguém que não respeita.

Esse relacionamento pode ser saudável?

Como eles interpretam o amor?

Eles estão confundindo amor com desejo sexual?

Acho que sim.

Um homem achará difícil respeitar uma mulher que ele deseja.

(Isso também pode se aplicar aos sentimentos das mulheres em relação aos homens, mas vou focar nisso do ponto de vista de um homem para o debate. As leitoras que podem se relacionar com essa discussão podem compartilhar seus comentários abaixo).

Pensando assim, um homem nunca terá o prazer do desejo em um relacionamento saudável e amoroso.

É correto dizer que um homem só pode sentir desejo por uma mulher quando não tem respeito por ela?

Agora que entendemos o conceito, elaborarei esse dilema.

Por Que Respeito E Desejo Sexual São Confusos

Se um homem que está em um caso emocional começa a se apaixonar por uma mulher que ele respeita, então ele se vê confuso ao ter pensamentos de amor e luxúria ao mesmo tempo.

Ele se vê tratando-a com total respeito.

Ele a trata como uma princesa.

Ele quer tudo para ela.

Ele quer fazê-la feliz.

Mas com todo esse respeito e carinho, ele ainda pode cobiçá-la?

Ele pode ser transparente com ela e compartilhar alegrias secretas com ela?

Ele pode estar protegendo-a de seus pensamentos eróticos, ou pode ter medo de compartilhar com ela devido ao seu respeito por ela.

Agora, isso me leva a uma consideração importante.

É apenas um comportamento sexual normal que adiciona alegria e entretenimento a um relacionamento.

Pensamentos eróticos não são nada terríveis.

Revise as definições acima novamente que tirei do dicionário Webster’s.

Todo relacionamento bom e saudável inclui esse tipo de compartilhamento.

Abre a porta para a expressão sexual entre um homem e uma mulher.

Por que, então, há um problema com a abertura emocional de uma mulher com quem o homem tem total respeito?

O respeito é criar uma parede de tijolos?

É dificultar alguma capacidade de estabelecer uma parceria emocionalmente unida?

O amor e sexo são mutuamente exclusivos?

Ou seja, podemos ter um, mas não ambos?

Conheço muitos homens que escolheram uma vida com uma mulher que não é certa para eles.

Eles se casaram por desejo sexual, não por amor.

Em alguns casos, isso funciona, porque o amor se desenvolve a partir dele.

Bem, às vezes sim, mas não é minha xícara de chá.

Quero o amor e o desejo sexual junto com respeito.

Como A Luxúria Se Transforma Em Amor

Se você tem desejo sexual por alguém e se apaixona, o amor mantêm o casal unidos, e o desejo sexual mantém a relação viva.

O desejo sexual é essencial para um relacionamento florescer, na minha opinião.

Certamente precisamos de amor, sem dúvida.

Mas sem desejo, o romance em um relacionamento pode diminuir com o tempo.

É o desejo que impede alguns tipos de pessoas de procurar outros parceiros.

Outros tipos de pessoas têm o desejo de permanecer fiéis simplesmente por causa do amor que sentem.

Acredito que “desejo” tem muito a ver com ter um relacionamento amoroso profundo, desde que se possa combiná-lo com respeito.

Em um relacionamento saudável, se vocês se amam, esse amor continua a se alimentar.

Se você começou com desejo e descobriu mais tarde que a pessoa é alguém que você pode respeitar, então o amor pode seguir em frente para ficarem juntos.

No entanto, se você respeitar alguém antes de desenvolver o desejo ou amor, então quando você se apaixonar, o desejo é difícil de descobrir.

Isso faz sentido?

Conclusão

O fato é que queremos passar a vida com alguém que realmente amamos.

A paixão pode ser um componente agradável de um relacionamento.

Mas se é apenas por desejo sexual, então algo está errado.

Se você está em um relacionamento amoroso e respeitoso, mas sem desejo, tudo bem se o amor for forte o suficiente.

Se a luxúria é desejada, mas está faltando, então ajude-se a criá-la com uma comunicação honesta e ponderada.

Algumas pessoas acham que isso faz parte do romance.

O truque é começar com a luxúria, depois se apaixonar profundamente e deixar o respeito se desenvolver mais tarde.

No entanto, não há como controlar a ordem das coisas.

Tudo faz parte da vida.

Não há necessidade de analisar demais.

Apenas siga o fluxo e seja feliz um com o outro.

O que melhor descreve sua situação?

Este conteúdo é preciso e fiel ao melhor conhecimento do autor e não pretende substituir conselhos formais e individualizados de um profissional qualificado.

Sobre o Autor: Cristiane Lima é especialista em namoro e relacionamentos, trabalha com mulheres para orientá-las a encontrar o homem certo e o relacionamento com o qual sempre sonharam.

0 comments… add one

Leave a Comment