É Tudo Ou Nada: Não Serei O Tempo Ocioso, O Tempo Livre Ou O Às Vezes De Homem Nenhum

Esse artigo é para todas as garotas que já se sentiram usadas, enganadas ou menosprezadas.

É para cada mulher que foi colocada em um caça-níqueis e retirada apenas quando ele estava pronto para jogar.

É para todas as pessoas que já sentiram que estavam dando prioridade a alguém que os via apenas como uma opção.

Se ele disser que não pode se comprometer com você, a culpa é sua, certo?

Você não deveria ter pedido algo que ele não poderia dar.

Você não deveria ter imaginado que ele queria lhe dar toda a atenção.

Você não deveria ter sido tão carente.

Tenho um problema com a carência.

Sim, definitivamente há mulheres (e homens) que realmente são necessitadas demais.

Elas são aquelas que ligam para o homem 16 vezes em um dia e perseguem o cara nas redes sociais e até mesmo na rua.

Eles têm grandes expectativas. Elas presumem que todo fim de semana deve ser passado juntos.

Carente não é uma mulher que presume que o cara com quem ela está saindo a tratará como uma igual.

Não é uma mulher que pensa que um homem deveria querer passar mais tempo com ela além de apenas dormir com ela.

Não é uma mulher que pensa que se ela está tendo tempo para aprender sobre ele, ele deveria ser curioso sobre ela também.

E definitivamente não é aquele que pensa que os relacionamentos devam ser sobre o desejo de passar um tempo juntos.

Veja também: Os 11 Sinais Mais Óbvios Que Ele Só Está Usando Você

Caso contrário, qual é o ponto?

Por que ter um relacionamento então?

Por que não terminar bem ali mesmo?

Por que não deixá-la ir?

Um relacionamento é duas pessoas que querem estar perto uma da outra.

São duas pessoas que querem passar mais tempo uma com a outra, e não com qualquer outra pessoa.

Elas são iguais, parceiras e amigas.

Por que uma mulher iria querer um homem que se recusa a vê-la como ela o vê?

Por que uma mulher iria querer um homem que só a vê como outra opção?

As mulheres estão enfrentando uma epidemia; é chamada de “medo do compromisso”.

É encontrada principalmente em metrópoles populosas e varia de lofts artísticos a andares de investimento; é generalizada e deixa as mulheres com a sensação de que sempre serão (com licença) uma opção.

Isso mesmo.

Apenas mais uma opção.

Somos substituíveis, mutáveis ​​e descartáveis.

Podemos ser encontradas em qualquer supermercado local, clube de strip ou bar.

Podemos ser repassadas, negociadas e avaliadas.

Podemos beber vinho, comer e partir depois da sobremesa.

É hora de pararmos de nos permitir ser negociadas, emprestadas e tomadas por capricho.

É hora de pararmos de conceder tudo ao homem.

Se um homem acredita que merece tudo, por que uma mulher não deveria?

Será que é tão errado as mulheres quererem tudo ou nada?

Os homens fazem isso o tempo todo.

Eles nos jogam fora quando não estamos satisfazendo todas as suas necessidades.

Eles nos trocam por modelos mais novos e esperam certas coisas da mais nova.

Eles querem a dona de casa, a gatinha do sexo e a namorada solteira.

Eles querem uma estrela pornô e a garota da casa vizinha.

Eles esperam que sejamos uma série de coisas, enquanto pedimos apenas uma coisa: compromisso.

Eles podem ser quem quiserem, se vestir como quiserem e agirem como quiserem.

Só não nos trate como uma reflexão tardia.

Você vale mais da metade do tempo de alguém

Um relacionamento é a troca de almas.

É o afogamento da emoção.

É a divisão de corações e, o mais importante, é a perda e o ganho de tempo.

É a decisão de entregar sua vida, o tempo que cria esses momentos nela, para outra pessoa.

É a perda de horas, chorando por quem não valia a pena.

São as noites sem dormir à espera de uma ligação.

Consome seus minutos, horas e dias, até você acordar, percebendo que desperdiçou anos de sua vida com alguém que não lhe pouparia tempo em troca.

O amor só vale a pena quando é mútuo

Ninguém deseja um amor não correspondido.

É o pior tipo de amor que existe (logo abaixo do amor vingativo e do amor sacrificial).

É o tipo de amor que corrói você, corroendo os músculos e tecidos frágeis que protegem seu coração.

É o tipo de amor que o leva para baixo, profundamente desesperado.

Porque todo tipo de amor tem seus efeitos colaterais e o amor não correspondido traz os piores pontos baixos e as mais difíceis reviravoltas.

Se você ama alguém que não retribui, você deve deixá-lo.

Amar alguém mais do que ele te ama só lhe trará uma vida de agonia e desespero.

Encontre alguém que não apenas pegue o que você dá a ele, mas também lhe ofereça algo em troca.

Sempre haverá alguém pronto para te tratar melhor

Pode não parecer, mas o mundo é enorme e há outras pessoas lá fora.

Não é só você e ele.

É você, ele e todos os outros que poderiam te fazer feliz.

Por que não compartilhar seu amor com alguém que está pronto para aceitá-la?

Só porque um cara não valoriza você pelo seu tempo, não significa que outros homens sejam tão perdulários.

O mundo não precisa estar cheio de estranhos e opções inatingíveis.

Você precisa ter coragem e confiança para lutar pelo seu direito de amar e ser amada.

Lembre-se de que um cara desinteressado não define todos os homens.

Sobre o Autor: Cristiane Lima é especialista em namoro e relacionamentos, trabalha com mulheres para orientá-las a encontrar o homem certo e o relacionamento com o qual sempre sonharam.

0 comments… add one

Leave a Comment