10 Maneiras De Controlar Seu Marido (Péssima Ideia)

Durante anos, eu realmente acreditei que se eu conseguisse fazer com que meu marido fosse mais arrumado, mais romântico e mais atencioso, tudo ficaria bem em nosso casamento.

Eu disse isso a ele e, embora isso não tenha melhorado em nada as coisas, criou hostilidade e tensão de ponta a ponta em nossa casa.

Por muito tempo eu nem percebi que eu era controladora.

Eu, pensei que eu estava apenas sendo útil, reconhecendo como eu me sentia e sendo honesta.

Mal sabia eu que estava abrindo buracos no balde de nossa intimidade.

Só quando eu aprendi a reconhecer meu comportamento controlador e a fazer uma escolha diferente é que o romance voltou.

No caminho para desistir dos meus métodos de controle, eu tentei fazer modificações, tentei ser mais sutil, até pensei que eu estava melhorando às vezes com algumas das técnicas abaixo.

Só que tudo isso me levou ao mesmo lugar solitário: me perguntando por que meu marido era retraído, distante e defensivo.

Para constar, aqui estão todas as maneiras embaraçosas – nenhuma muito eficaz – pelas quais eu tentei controlar meu marido:

1. Fazendo Sugestões Úteis Como…

”Se você colocasse as coisas nas gavetas de arquivo, você iria conseguir encontrá-las com mais facilidade”.

E:

”Se você não adormecesse com o rádio ligado, você dormiria melhor e ficaria mais descansado”.

2. Falando Em Nome Dele.

As pessoas faziam perguntas a ele – médicos, garçonetes, entregadores – e eu respondia por ele para garantir que todos recebessem as informações corretas e a impressão certa de nossa família.

3. Tomando Decisões Por Ele, Como…

Quanto contribuir para a previdência dele, quais roupas tirar do armário para que (leia-se: eu) tivéssemos mais espaço.

Como eu acreditava que eu era mais inteligente do que ele, isso era lógico.

Veja também: Como Desprezar Seu Marido Para Dar Uma Lição Nele: Faça Isso

4. Atirando Nele Olhares De Desaprovação.

Eu franzia a testa para a alface que ele comprou (muito murcha), fiz uma careta quando ele falou em comprar um carro novo (muito caro) e revirei os olhos para os shows que ele gostava (muito mesquinhos).

Eu era mais quieta, mas não menos irritante.

5. Fazendo Perguntas Importantes

Ou seja, é isso que você vai comer no almoço?

Você tem que sair tão cedo para chegar lá?

Essa camisa combina com essas calças?

Esse questionamento todo faz você querer me bater?

Provavelmente…

6. Anunciar Que “Nós” Precisamos De Terapia.

A mensagem subjacente, não importa como você veja você, é que ele é um fracasso como marido.

Na minha experiência, esta é a maneira mais cara de tentar controlar seu marido.

Veja também: 10 Grandes Sinais E Resposta Para O Marido Que Não Valoriza A Esposa

7. Contar A Ele Como Eu Faria As Coisas.

Como por exemplo:

”Normalmente vou mais devagar nesta estrada porque é muito estreita”

Ou:

”Eu levaria meu carro para consertar se estivesse fazendo isso”.

É incrível o quanto eu sabia praticamente tudo naquela época.

Veja também:  Meu Marido Não Divide O Dinheiro Dele Comigo

8. Criticando-o Dizendo Coisas Como…

”Você não vê como você está sendo passivo-agressivo?”

Ou:

”Você é tão desleixado”.

Como se minhas reflexões o ajudassem a finalmente entender o erro das maneiras dele e corrigi-las na hora.

Não é assim que funciona a natureza humana?

9. Faça Exigências Como…

”Você deveria ligar para sua mãe”.

Ou:

”Você deveria diversificar seus investimentos”.

Eu senti que estava tudo bem porque claramente eu estava certa.

Veja também: Como Deixar Seu Marido Com Ciúmes (9 Maneiras Geniais)

10. Desfazer E Refazer Coisas Que Ele Tinha Acabado De Fazer E Depois Mostrar A Ele Como Eu As Fazia.

Eu estou falando sobre coisas importantes e devastadoras, como colocar a máquina de lavar louça corretamente e arrumar a cama.

Se eu não mostrasse para ele, como ele aprenderia?

Pobre coitado!

Hoje em dia, eu, fico feliz em dizer que eu tenho mais probabilidade de escolher a intimidade e a conexão com meu marido em vez de ceder ao meu desejo de controle.

É claro que meu casamento é muito melhor com isso, mas eu não tinha ideia de que teria tantos outros benefícios em aprender como fazer isso, mas existem.

Deixei algum hábito de controle fora desta lista?

Se você já tentou controlar seu marido de maneiras que eu esqueci de mencionar, adoraria ver nos comentários.

Eu espero que eu não seja a única que já fez essas coisas…

Sobre o Autor: Cristiane Lima é especialista em namoro e relacionamentos, trabalha com mulheres para orientá-las a encontrar o homem certo e o relacionamento com o qual sempre sonharam.

0 Comentários… , adicionar um.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *