4 Sinais De Que Você Se Contentou Com Alguém Que É Menos Do Que Você Merece

Foi cerca de sete meses atrás, quando minha amiga e eu tivemos uma súbita realização.

Muitas garotas que conhecíamos estavam namorando ou casadas e, apesar de reclamarmos bastante de sermos solteiras, concluímos: não trocávamos de lugar com nenhuma delas.

Vamos fazer um pacto, eu disse.

Nós nunca vamos nos deixar se contentar com qualquer um.

Ela concordou.

Existem várias razões pelas quais alguém pode se contentar com alguém que não se encaixa perfeitamente; medo, desespero ou mesmo uma sensação distorcida de autoestima podem ser os culpados.

Uma pesquisa recente da Universidade de Toronto descobriu que, sem surpresa, o medo de ser solteiro leva homens e mulheres a se estabelecerem e contentarem com qualquer relacionamento.

As pessoas têm tanto medo de ficar sozinhas que namoram pessoas que nem conseguem fazê-las felizes.

Ainda assim, é difícil reconhecer quando você está fazendo isso.

Estamos constantemente comparando todos que encontramos com visões idealistas de quem pensamos que merecemos, o que pode distorcer nosso senso de acomodação.

“Ela é nota seis de beleza, mas dez de personalidade”.

“Ele é nove no sexo, mas cinco na inteligência”.

Há uma linha tênue, no entanto, entre mirar alto e não ser realista.

Quando você está na casa dos vinte anos, é especialmente complicado porque você pode descobrir características diferentes daquelas que serão importantes para você daqui a dez anos.

O resultado?

Você pode acabar negligenciando alguém que não atende aos seus padrões altíssimos ou ultra específicos e pode se arrepender mais tarde.

Na verdade, você não pode sonhar com um parceiro ideal.

De fato, muitas vezes você não consegue explicar por que se sente atraída por alguém.

Então, como você sabe quando está se contentando com alguém que não é bom o suficiente?

Veja também: Mulheres Fortes Não Se Contentam Com Homens Medíocres – Elas Preferem Ficar Sozinhas

Você se lembra de quanto poderia ser pior

“Pelo menos ele não é abusivo”.

“Pelo menos ela não trai”.

“Pelo menos ele não é tão chato quanto o namorado da Miriam”.

Se você acha que continua tentando se convencer de como é bom, provavelmente não é tão bom assim.

Claro, sua situação provavelmente poderia ser pior, mas esse não é o ponto.

A questão é que, se suas circunstâncias foram significativamente melhores, talvez você precise reavaliar por que está com a pessoa agora.

Mais importante, se você está tão focada no que a pessoa não está fazendo de errado, pode não perceber onde está ficando aquém.

Você está constantemente dando desculpas.

É um cenário desconfortável.

Ela está atrasada novamente, ou pela décima vez, ele fica beligerantemente bêbado e insulta sua amiga.

O fato é que você não deve ter que inventar desculpas para explicar por que o parceiro ou a parceira se comporta de uma certa maneira.

Não só coloca suas amizades em risco, mas também o força a lidar com o estresse desnecessário.

Veja também: Se Você Acha Que Merece Mais Dos Homens, PARE De Aceitar Menos

Você tem que mudar a si mesmo(a) de dentro para fora.

Às vezes você nem sabe que está fazendo isso.

Muitas pessoas se veem mudando partes importantes de si mesmas para fazer funcionar com alguém.

Naturalmente, existem transformações positivas que podem acontecer quando você se apaixona por alguém.

Talvez você tenha desistido de um mau hábito ou adotado maneiras mais saudáveis.

No entanto, se você perceber repentinamente que seus valores mudaram ou desistiu de suas metas, talvez seja necessário reconsiderar seu relacionamento.

Fazer grandes sacrifícios por uma pessoa para que você possa se transformar em seu parceiro ideal é uma das piores formas de se estabelecer e se contentar.

Por fim, você nunca consegue atender às expectativas da outra pessoa.

A pessoa certa não vai querer mudá-lo(a) fundamentalmente e, definitivamente, não vai querer atrapalhar seus sonhos.

Você deve sentir que seu parceiro está ajudando você a chegar onde deseja e permitindo que você seja a melhor versão de quem você é.

Você está tentando mudá-lo(a).

Quantas vezes um “ah se…” passou pela sua cabeça?

“Ah se o Ricardo fosse mais ambicioso”.

“Ah se a Aline fosse menos relaxada”.

Claro, sempre pode haver algo pequeno sobre uma pessoa que você mudaria se pudesse, seja uma teimosia leve ou algumas inseguranças.

O que separa isso da resolução, no entanto, é que você finalmente aceita essas falhas porque qualidades muito melhores as superam.

No final, você só pode mudar uma pessoa até um certo ponto.

Se você está mantendo um relacionamento porque espera que a pessoa repentinamente pare com seu ciúme irracional, supere a apatia ou rejeite tendências mesquinhas, dê um passo atrás.

Estar em um relacionamento não deve parecer um projeto.

Se isso acontecer, com toda a probabilidade, você nunca ficará satisfeito(a) com o produto acabado.

Sobre o Autor: Cristiane Lima é especialista em namoro e relacionamentos, trabalha com mulheres para orientá-las a encontrar o homem certo e o relacionamento com o qual sempre sonharam.

0 comments… add one

Leave a Comment