O Que Considerar Antes De Se Casar Com Alguém De Um País Estrangeiro

Quando você está apaixonado(a), isso tende a ignorar muitos aspectos práticos.

É cada vez mais comum que casais inter-raciais se casem.

Longe de ser um problema, acho isso uma coisa maravilhosa!

Acho que qualquer casal apaixonado, gay ou hetero, jovem ou velho, de raça diferente ou da mesma raça, deveria poder se casar e viver feliz para sempre.

No entanto, existem alguns aspectos práticos infelizes que vêm com o casamento com uma pessoa de uma raça e cultura diferentes, especialmente alguém que reside em um país diferente.

Uma grande amiga minha se apaixonou pelo seu hoje marido nos Estados Unidos.

Ele é americano e ela brasileira, e, felizmente, ela fala muito bem inglês, mas passaram por muitas dificuldades para estarem juntos.

Essas são algumas das coisas que mudam sua vida, sobre as quais você precisará conversar antes de mergulhar.

1: Onde Você Vai Morar?

Você pode pensar que qualquer lugar está bem, desde que possam estar juntos, mas a vida real joga um monte de chaves e outros detalhes em andamento.

Você vai morar em seu país natal ou no de seu noivo?

Claro, se vocês dois estiverem no mesmo lugar, isso não se aplicará necessariamente.

Se você é de outro país, no entanto, aqui estão algumas coisas que você precisa discutir antes de tomar uma decisão:

Veja também: Mais De 100 Perguntas A Fazer Antes De Se Casar

Você Fala O Idioma Necessário?

Se você planeja mudar para o exterior, deve considerar o potencial isolamento de não falar o idioma.

Isso significará dependência total de seu cônjuge, o que pode perturbar o equilíbrio de um relacionamento.

Você Ou Seu Cônjuge Podem Trabalhar No Exterior?

Onde quer que você decida morar, certifique-se de ter perspectivas de emprego realistas.

Minha amiga levou seis meses para ser elegível para trabalhar na América.

Ter dependência financeira de seu cônjuge, assim como nada para ocupar seu tempo, pode realmente prejudicar um novo casamento.

Você Pode Obter Um Visto?

Os vistos são caros, complicados e uma grande dor de cabeça.

Pense em como você fará isso antes de qualquer coisa – quais etapas você precisará realizar, quanto custará e quanto tempo levará até que vocês possam viver no mesmo país.

E Quanto A Família E Amigos?

O casamento é permanente e um de vocês será removido permanentemente de sua família e amigos, aconteça o que acontecer.

Não leve isso levianamente.

É um grande passo e vocês precisam conversar sobre isso antes de fazer planos sólidos.

Veja também: 5 Coisas Que Eu Gostaria De Saber Antes De Dizer ‘Eu Te Amo’

Como Será O Seu Casamento?

Pode parecer pouca coisa, mas para uma católica que se casa com um judeu ou qualquer outra religião que não seja a mesma, pode ser um grande problema.

Você vai se casar em uma igreja?

Uma cerimônia religiosa?

Em casa ou no exterior?

Ao saber quantas tradições diferentes estavam associadas a um casamento americano, minha amiga ficou surpresa.

Felizmente, o casal quis uma cerimônia tranquila e não religiosa, para que não houvesse problemas.

Para outros, aqui estão algumas considerações:

Sua Família Vai Aprovar?

Unir famílias de diferentes origens culturais pode ser um desafio.

Isso não deveria impedi-la, mas cria algumas complicações.

Você não precisa tentar agradar a todos, mas pelo menos precisa agradar a si mesmo(a).

Se você estiver tendo problemas agora, saiba que eles continuarão a afetá-lo(a) no futuro.

Onde Você Vai Se Casar?

Casar-se com alguém de um país diferente pode significar fazer sacrifícios, e este é apenas o primeiro passo.

Esteja ciente de que, se essa pequena coisa for uma área de disputa, águas turbulentas virão.

Quais Tradições Você Vai Abraçar?

Escolher uma tradição cultural em vez de outra ou misturar as duas pode ser um desafio.

Você pode se esquivar de toda a tradição e optar pelo que parecia natural, mas pode ser um grande problema se você tiver uma identidade étnica forte.

Certifique-se de conversar sobre isso e vocês dois encontrarão uma solução com a qual possam ficar satisfeitos.

Fazer sacrifícios nesta fase significa que você estará fazendo mais no futuro, então fique atento(a)!

Veja também: 8 Conversas Que Você Deve Ter Bem Antes De Se Casar

3: Como Você Criará Seus Filhos?

Eu sei, é a última coisa na mente da maioria das pessoas como recém-casados, mas eventualmente você precisará pensar sobre isso, e é melhor saber se vocês compartilham as mesmas opiniões.

Aqui estão algumas coisas com as quais você precisa concordar:

Educação:

Onde eles serão educados?

Tenha certeza de que você está na mesma linha de pensamento sobre este assunto.

Será um grande fator mais tarde.

Religião:

Talvez nem você nem seu futuro marido ou esposa tenham pontos de vista religiosos fortes, mas para muitos casais isso é um grande problema.

Criar seus filhos em uma determinada religião é uma grande decisão – se você é uma pessoa religiosa que mora em um país com uma religião primária diferente, considere o quanto isso afetará você e sua família a longo prazo.

Tenha certeza de que não é algo que irá dividir as opiniões de vocês.

Família:

Novamente, ter filhos longe de sua família é uma grande consideração se você tem família em países diferentes.

Você vai ficar bem com isso?

Aprendendo A Se Comprometer

Claro, todo casamento é uma questão de compromisso.

Essencialmente, vocês dois precisam concordar em discordar em alguns assuntos, mas casamento não significa desistir das coisas que você ama e valoriza.

Para um casamento bem-sucedido entre duas pessoas de países diferentes, os fatores mais importantes são:

Ter Valores Semelhantes:

Você deve ter objetivos semelhantes na vida, ideias sobre os papéis de homens e mulheres, sobre o que é certo e errado, honestidade e ética.

Valores semelhantes geralmente significam que você deseja e espera as mesmas coisas, o que significará menos problemas e desacordos.

Claro que você não pode concordar em tudo, mas tenha certeza de que seus valores fundamentais se combinem.

Amar E Respeitar Um Ao Outro:

Esta é a chave para qualquer casamento bem-sucedido.

Mesmo que vocês tenham culturas e tradições diferentes, respeite os valores da outra pessoa.

Casar-se com alguém de outro país nunca deve significar que qualquer um de vocês perderá a própria cultura.

Veja O Ponto De Vista De Cada Um:

Mesmo que você tenha ideias diferentes de como as coisas deveriam ser, você precisa ouvir e compreender a perspectiva da outra pessoa.

Ambos têm que reconhecer que integrar ambas as tradições é importante, mesmo que seja sobre algo pequeno.

Certifique-se De Compensar Por Morar No Exterior:

Pode ser que para você, morar em outro país significa que viagens frequentes e caras são obrigatórias.

Não é o ideal, mas vocês vão saber antes de casar que isso é inevitável e inegociável.

Certifique-se de ter um plano com o qual concorda, para que ambos sejam felizes.

Não se trata de ganhar ou perder a luta para fazer do seu jeito – trata-se de encontrar um caminho que funcione para vocês dois.

Este conteúdo é preciso e verdadeiro de acordo com o melhor conhecimento do autor e não tem como objetivo substituir o conselho formal e individualizado de um profissional qualificado.

Sobre o Autor: Lisandra Rocha é Coach de relacionamento especializada em recuperação de ex-namorados e ex-maridos. Ela também ajuda casais com problemas conjugais.

0 comments… add one

Leave a Comment