Por Que Esta É A Posição Sexual Mais Gostosa De Todos Os Tempos

Não Há Afrodisíaco Mais Forte Que Amor E Intimidade.

Um editor meu pediu recentemente artigos sobre boas posições sexuais.

Foi um daqueles pedidos que eu ignorei e deixei para outros escritores, pensando: “Essa não é a minha especialidade”.

Mas continuou mexendo em meus pensamentos, como um palito em uma xícara de café quente e fumegante.

Tive dois casos de amor passional nos últimos 20 anos: um com o marido e o outro com minha prática de ioga quente, suada e muito sugestiva.

Você pensaria que a combinação dos dois levaria a algum conhecimento esotérico e interessante sobre as melhores posições para o prazer sexual – mesmo que a maioria dos corpos não pudesse se contorcer tanto.

Acrescente a isso minha formação como médica de Medicina Oriental, com uma compreensão de como funcionam as correntes de energia no corpo e quais pontos de pressão fazem as coisas se moverem, e eu deveria ter todos os ingredientes que alguém precisaria para a melhor receita para o sexo.

Então, eu fiquei pensando.

Isso levou a alguns momentos emocionantes (e também hilariamente estranhos) no meu arquivo sexual.

Veja também: O Que Eles Querem Na Cama: 12 Habilidades Para Enlouquecer Um Homem

Ao refletir sobre isso, percebi que, para mim, pessoalmente, o melhor sexo nunca teve nada a ver com onde colocamos nossos membros ou colocamos as peças de xadrez de nossos corpos no tabuleiro.

Os momentos sexuais mais ternos e surpreendentemente suculentos sempre vinham como uma pontuação de profunda intimidade emocional.

As emoções sempre vieram primeiro.

Eu acho que você poderia dizer que descobri que “falar” é uma palavra de cinco letras para o melhor tipo de relação sexual.

Surpreendentemente, isso significava que, às vezes, os encontros físicos mais quentes que eu e meu marido compartilhamos ocorreram quando um ou nós dois estamos em uma crise emocional ou no auge de alguma experiência intensa ou extrema, e compartilhando muito vulneravelmente uns com os outros os sentimentos mais profundos que essas crises e experiências causam.

Certamente há alguma evidência científica para apoiar as experiências anedóticas que observei em meu próprio laboratório de vida.

No artigo da Dra. Anne Marie Helmenstine “Love Chemicals”, ela se refere à ocitocina como o “hormônio do carinho” e explica como ela é liberada durante o toque.

E a ocitocina também é liberada pelo coração humano quando estamos experimentando estados de amor.

Pesquisa do HeartMath, publicada no American Journal of Cardiology em 1991, também conecta o coração com estados emocionais e mostra que esses mesmos sentimentos de amor e carinho genuínos (além de paixão, alegria, apreciação, até compaixão e outros sentimentos associados com intimidade emocional e vínculo) produzem um padrão exclusivamente ordenado no ritmo cardíaco que sincroniza todas as demais funções do corpo.

A sincronização em todo o sistema me parece uma boa posição para o sexo!

Esse estado de coerência fisiológica gerada pelo amor por meio de seu impacto no ritmo cardíaco também reduz os hormônios do estresse e amplifica o hormônio antienvelhecimento DHEA, um precursor dos hormônios sexuais, que estimulam a excitação.

Veja também: 10 Maneiras De Fazer O Sexo Ficar Gostoso Para O Seu Marido

Acontece que o coração tem muito mais a ver com amor do que apenas uma imagem fofa em cartões de dia dos namorados ou uma boa forma para caixas de chocolate.

Da mesma forma, acontece que a excitação e a satisfação sexual têm muito mais a ver com amor e coração do que como somos atléticos ou flexíveis, ou onde nossos corpos são colocados no processo.

Então, como fazemos isso funcionar para nós?

Ouça. Ouça. Ouça. Ouça você e seu parceiro.

Aqui estão sete dicas sobre como ouvir para posicionar o sexo por amor.

  1. Não faça da intimidade física o objetivo – faça de seu objetivo ouvir o seu parceiro e o que ele precisa no momento. Se a intimidade física vier como resultado disso, será incrível. Mas talvez ele precisa ser abraçado, ou receber uma massagem nos pés sem segundas intenções.
  2. Da mesma forma, priorize ouvir a si mesma e o que você realmente precisa no momento. Nada mata paixão como negar suas próprias necessidades de cuidar de alguém, enquanto o ressentimento aumenta por baixo. Seja honesta consigo mesma sobre seus sentimentos e, em seguida, vai conseguir comunicar suas necessidades ao seu parceiro de uma maneira que elas sejam mais prováveis ​​de serem satisfeitas.
  3. Depois de ouvir e cuidar de suas próprias necessidades, esteja lá pelo que deve dar ao seu parceiro, e não pelo que pode obter dele. Ativar esse amor em si mesma é o melhor para você de qualquer maneira.
  4. Preste atenção. A coisa mais valiosa que qualquer um de nós pode oferecer a alguém é nossa atenção. A maneira de fazer alguém se sentir valorizado? Dê a ele toda a sua atenção. Esteja totalmente presente com você e seu parceiro e sua experiência com ele. Quando você está presente, deixa de lado o que preconcebe que deve acontecer e está aberta para receber o que quer que aconteça. Quando você está presente para a situação, então, independentemente da situação, será um presente para você.
  5. A fisiologia da sexualidade está fortemente entrelaçada com a bioquímica emocional. Às vezes, a intimidade física pode desencadear sentimentos fortes ou memórias emocionais para um ou ambos os parceiros que não estão diretamente relacionados à situação atual. Este é um momento de ter mais consciência de não levar as emoções de seu parceiro para o lado pessoal e, em vez disso, deixá-lo saber que você está mantendo um lugar seguro e incondicional para ele processar os próprios sentimentos, quaisquer que sejam.
  6. Quando as coisas não parecem funcionar como deveriam, do seu lado ou do seu parceiro, fique curiosa em vez de julgar. Faça perguntas de apoio que permitam comportamentos desastrados se tornarem oportunidades divertidas de se conhecerem melhor.
  7. Não leve tudo tão a sério. Seja brincalhona. A economia global não depende de como vai a sua noite. Ouça onde o humor pode substituir outras emoções reativas, como julgamento, medo ou ciúme. Estejam prontos para rirem juntos e lembre-se de que a verdadeira razão de estar juntos é aproveitar o momento e o outro.

Veja também: Como Ser Uma Deusa Do Sexo Em 7 Passos Simples

Conclusão

Você não precisa praticar anos de ioga ou ter um corpo de 20 e poucos anos para entrar na melhor posição sexual, porque a melhor posição para o sexo é posicionar o sexo como uma expressão de seu amor e carinho.

Afinal, o amor é o melhor afrodisíaco e não lhe custará um centavo, porque é feito no seu coração.

Mais conselhos sobre relacionamento você encontra no grupo exclusivo por e-mail. Cadastre-se gratuitamente no formulário abaixo para ter conselhos profissionais avançados.

Sobre o Autor: Manuela Souza é escritora em tempo integral e aborda temas como namoro, paquera, romance e namoro online. Ela mora em Porto Alegre, é apaixonada pelo meio ambiente e sabe que tudo é possível com o par certo de sapatos.

0 comments… add one

Leave a Comment