Como Saber Se Você É Geneticamente Destinada Ao Divórcio (De Acordo Com A Ciência)

Culpe Seus Genes.

Você pode estar xingando seus pais por terem passado a você suas tendências ansiosas ou pés grandes.

No entanto, eles podem ter passado algo pior.

Segundo um renomado estudo dos anos 90, a herdabilidade do divórcio é estimada em 50%.

Isso significa que o que causa o divórcio pode ser mais do que apenas um relacionamento ruim – pode ser genético.

Existem muitos fatores ambientais que podem levar ao divórcio, por isso é muito difícil dizer.

Poderia o bom e velho papai ter desempenhado um papel nesse doloroso divórcio que você está atravessando?

O estudo não revela se alguém carrega ou não esse gene específico.

Atualmente, o estudo da Genome-wide Association é usado para identificar certos genes.

Por exemplo, este teste pode mostrar se alguém tem o gene para cabelos lisos ou encaracolados.

Veja também: 10 Motivos Para Não Pedir O Divórcio

Até o momento, não houve um estudo como esse para o gene do divórcio.

Se você planejou enviar uma amostra de saliva para um laboratório antes de se casar para verificar o gene do divórcio, não vai rolar.

Por enquanto, você só pode se arriscar.

Mesmo que os pesquisadores conseguissem identificar o gene do divórcio, seria difícil determinar sua eficácia.

Segundo a genética, o divórcio é considerado um resultado complexo.

Isso significa que há uma variedade de características e genes que podem determinar se alguém permanece ou não casado ou se divorcia.

Atualmente, cientistas e psicólogos de relacionamento examinam o grau de neurose de uma pessoa ou se têm problemas com drogas e álcool.

Esses são fatores genéticos que podem ser motivo de divórcio, apesar de não haver o gene real do divórcio.

Em contraste, condições como fibrose cística, por exemplo, se resumem a um único gene.

Embora a ciência ainda não tenha encontrado uma maneira simplificada de identificar o gene do divórcio nas pessoas, você ainda pode obter algumas dicas.

Dê uma olhada na sua árvore genealógica usando um dos serviços disponíveis na internet.

Veja também: Evite Os 10 Maiores Erros Que As Mulheres Cometem Depois Do Divorcio

Pode mostrar quantas vezes o divórcio ocorreu na história de sua família.

Esse tipo de mapeamento pode fornecer uma ideia do risco genético e ambiental que você pode ter para o divórcio.

Isso por si só não lhe dirá com certeza se você tem o gene do divórcio, mas certamente pode lhe dar uma pista.

Também vale a pena notar que o gene do divórcio não determina o seu destino.

Mesmo que todos os seus antepassados ​​tenham se separado de seus parceiros, isso não significa que seu casamento está condenado.

E, se você vier de uma longa linha de sucesso no casamento, o seu ainda poderá terminar em um divórcio.

Quando se trata disso, tente ser a melhor parceira possível, independentemente das circunstâncias.

Mas, quando os pesquisadores descobrirem toda essa coisa do gene do divórcio, não faria mal apenas dar uma olhada.

0 comments… add one

Leave a Comment