As 10 Maiores Coisas Que As Mulheres Fazem Para Destruir O Casamento

Criar um ambiente hostil no lar pode deixar todo mundo desconfortável e destruir seu casamento.

É verdade que tanto o marido quanto a mulher devem assumir suas responsabilidades em um casamento, mas abaixo você verá 10 erros comuns que só as mulheres cometem e que podem destruir completamente um casamento.

Quando as mulheres começam a ter esses comportamentos específicos, elas criam um ambiente hostil, onde ninguém se sente seguro ou confortável.

É importante lembrar que o principal objetivo de um casamento deve ser a paz e a felicidade.

Portanto, embora a lista abaixo possa parecer desanimadora, lembre-se dessa lista sempre.

Se a vida está estressante, então trabalhe para mudar sua percepção.

Você consegue enxergar a paz em vez de estresse.

Você só precisa de um uma mudança de pensamento para encontrar a paz na sua vida.

Se você se sentir infeliz, procure as coisas que preenche você.

O caminho mais simples é simplesmente ser.

A única pessoa que você consegue mudar é você mesma.

1. Usar Palavras Para Machucar É Uma Forma De Destruir Seu Casamento.

Os homens são mais fortes fisicamente, mas as mulheres têm grande vantagem quando se trata de luta verbal.

Em média, as mulheres falam quase três vezes mais do que os homens.

Uma mulher em média termina o dia falando mais de 20.000 palavras, enquanto que o marido dela, o chefe dela, amigo ou namorado falou apenas 7000 palavras.

As mulheres gostam de falar e aprenderam a usar as palavras de maneira bastante eficaz.

As mulheres são adeptas ao uso das palavras mais afiadas para provocar, envergonhar, humilhar, rebaixar e menosprezar os homens.

Palavras são como uma pasta de dente.

Depois que saem, não tem jeito mais de voltar.

Não importa o quanto você se sentir mal por ter dito uma coisa… o estrago já foi feito.

Todos os pedidos de desculpas do mundo não vão consertar o estrago das suas palavras quando você estava nervosa.

Seu marido pode sentir suas palavras para o resto da vida.

Em vez de usar suas palavras como arma, use elas como uma pomada que cicatriza e conforta, que estimula seu marido e coloca ele para cima.

Como a vovó sempre dizia, “Se você não puder pode dizer alguma coisa gentil, então não diga nada”.

Veja também: 6 Formas Como Você Está Inconscientemente Sabotando Seu Amor (E Sua Vida)

2. Ter Expectativas Irreais.

Achar que uma pessoa vai te preencher e projetar sua infelicidade nele quando ele não atender suas expectativas é uma ótima receita para destruir seu casamento.

Se você está infeliz, primeiro dê uma boa olhada na realidade.

Você ficará mais feliz se você mudar suas expectativas e encaixar a realidade da sua situação.

Ter expectativa de que seu esposo ou seus filhos vão deixar você feliz não é uma expectativa realista.

Imagine se você pudesse ter apenas um amigo ou uma amiga durante toda sua vida.

Será que isso daria certo para você?

A maioria das mulheres tem vários amigos e amigas. Você provavelmente tem vários amigos e amigas… e cada um deles tem um papel diferente na sua vida.

Você tem um amigo ou amiga que você gosta de sair para fazer compras, uma amiga para malhar na academia e outra para tomar açaí no final da tarde.

Cada pessoa na sua vida preenche um papel diferente e importante.

Nenhum papel é mais importante do que o outro, os papéis são apenas diferentes.

Se você acha que seu marido vai completar você e fornecer felicidade eterna para você, além de preparar ele para o fracasso, você também está preparando você mesma para grandes decepções.

Em vez de esperar uma pessoa preencher cada uma de suas necessidades, experimente expandir seu círculo de influência, para incluir uma variedade de pessoas, que preencha sua vida com bênçãos diferentes.

Acima de tudo, busque você mesma.

Encontre maneiras de se sentir completa e feliz com quem você é como pessoa.

Primeiro, procure encontrar sua própria felicidade, dentro de você mesma.

Depois, em vez de procurar outra pessoa para completar você, encontre maneiras de complementar a vida do outro e vice-versa.

3. Exagerar No Sarcasmo, Críticas, Gestos E Expressões Faciais.

Essa é uma maneira rápida e fácil de mostrar para seu marido que você não respeita ele e as opiniões dele. Os homens acabam ficando sobrecarregados com a infinidade de críticas por parte de suas esposas.

A consequência é bem conhecida: eles desligam completamente, se afastam e procuram gentileza e aceitação em outros braços.

Você já passou pela experiência de ter alguém menosprezando o que você tem a dizer sem nem mesmo ouvir você?

Quando você critica muito ou é muito sarcástica com seu marido, ele se sente atacado e desvalorizado.

Ouça ele, sem adicionar sua opinião no começo.

Se você quer fazer perguntas, espere ele parar de falar.

Tente não interromper ele com algum fato que aconteceu no seu dia.

Mostre que ele é, naquele momento que ele estiver falando, o centro das atenções.

Outra forma de mostrar desrespeito é virar os olhos com tom de deboche ou fazer expressões faciais sarcásticas.

Isso é tão irritante para seu marido quanto é para você quando sua filha adolescente faz isso.

Ser grossa é desnecessário, mesmo estando casada há anos.

É mais importante dar a ele sua atenção, preocupar-se com ele e ouvir do que fazer expressões faciais para ele se sentir mal.

Um dos objetivos do casamento é criar laços, não é destruir o homem que você ama.

Veja também: 5 Coisas Que Você Nunca Deve Comprometer Em Um Relacionamento

4. Criticar Ele, Tirar Sarro E Menosprezar Ele Para Seus Amigos E Família.

Quando você critica e menospreza seu marido, você diminui o valor e respeito que você tem por ele.

Você acaba forçando as pessoas a tomarem um partido, e é claro que eles vão escolher o seu lado, porque eles querem ser leais a você.

Seus amigos e família não moram na sua casa.

Eles não sabem o que acontece todos os dias.

Eles não sabem das coisas boas que seu marido faz por você e pela família.

A única perspectiva que eles têm do seu marido é a perspectiva que você apresenta para eles.

Se você está constantemente falando mal e menosprezando ele, então eles vão enxergar seu marido como uma pessoa má para você.

Depois de falar mal dele, seus amigos e família não vão olhar para seu marido com os mesmos olhos.

Mesmo depois que você superar a insatisfação com seu marido, e tudo está as mil maravilhas na sua casa, eles ainda vão continuar bravos com ele.

Seus amigos e família querem proteger você do perigo.

Se você fica o tempo todo falando do seu marido com uma perspectiva negativa, então eles vão querer proteger você e seus filhos desse monstro com quem você casou, mesmo ele não sendo esse monstro que você projeta.

Quando você fala mal do seu marido, seus amigos mais próximos vão ficar irreparavelmente contra seu marido… e com o tempo, isso pode destruir seu casamento.

Ele nunca vai entender porque seus amigos não gostam dele e por que sua mãe trata ele mal.

Em vez de inventar desculpas, não comece a percorrer esse caminho.

Quando você falar sobre seu marido, use palavras que inspiram, abuse dos elogios e admiração.

Se ele anda se comportando como um idiota e tratando você mal, você não precisa espalhar isso para todo mundo que você conhece.

Suas reclamações constantes contra eles vão criar uma parede entre seu marido e seus amigos, e essa parede às vezes fica erguida para sempre.

5. Recusar Afeto E Sexo.

Isso pode causar uma grande rachadura no seu casamento, e você nem vai perceber o tamanho do estrago.

Os homens são programados de maneira diferente das mulheres.

Seu marido precisa de alívio físico através da intimidade sexual.

Não é uma coisa que ele simplesmente exige de você, é uma coisa que ele precisa, psicologicamente falando.

Quando você se recusa a atender essa necessidade dele de alívio físico, você está fazendo uma afirmação mais profunda: você não liga nem respeita as necessidades dele.

Isso não é uma questão de gostar ou não gostar de sexo.

É muito mais importante que isso.

Seu marido precisa estar conectado com você em um nível físico, independentemente da sua disposição para isso.

Da mesma maneira que você precisa de conexão emocional, ele está programado para precisar de alívio físico.

Nenhum dos dois está certo ou errado.

Homens e mulheres são simplesmente diferentes.

Enquanto você precisa ter suas necessidades emocionais atendidas, é importante não perder de vista as necessidades dele.

Pense da seguinte maneira: e se ele parasse de conversar com você por três dias?

Ou uma semana?

E se ele não falasse com você por um mês inteiro?

Inadmissível, não é?

Da mesma maneira, não é justo você cortar completamente o que ele precisa.

Se você está em um relacionamento com o homem que você ama, você espera que suas necessidades sejam atendidas.

Da mesma maneira, você precisa atender as necessidades dele, não importa se você compartilha as mesmas necessidades e desejos.

Veja também: 7 Maneiras De Salvar Seu Casamento (Quando Você Já Não Tem Mais Esperança)

6. Desrespeitar As Opiniões E Os Conselhos Dele.

Homens e mulheres são diferentes em muitos sentidos.

Homens são solucionadores de problemas.

Se você apresentar um problema a ele, é da natureza do homem voltar com passos concretos para resolver o problema.

Se você trata a solução dele com desdém, você passa a mensagem que você não valoriza ele.

Quando você apresenta um problema ou uma preocupação, esteja preparada para ouvir ele criar um plano de ação para resolver seu conflito.

Pode não ser exatamente o que você faria, mas ele está oferecendo uma solução.

O mínimo que você pode fazer é ouvir a sugestão dele, e agradecê-lo pela preocupação.

Antes de rejeitar a ideia dele imediatamente, separe um tempo para considerar as opiniões dele.

Pense no que ele disse.

Você não precisa fazer todas as coisas que ele sugerir, mas ouça e considere tudo.

Se você só quer saber de reclamar, ligue para uma amiga.

Amigas são ótimas ouvintes.

Elas não vão tentar consertar você.

As mulheres gostam de colocar para fora todo o drama, sem precisar consertar.

Às vezes você só precisa de um ouvido amigo, e não uma solução.

Se for o caso, talvez seu marido não seja a pessoa certa para abordar.

Se é absolutamente necessário reclamar para seu marido, diga a ele antes que você não está esperando uma solução por parte dele, você só quer alguém para desabafar.

Ele ainda vai oferecer sugestões, mas se você avisar – antes de “soltar os cachorros” – que você não precisa de uma resposta, que você só quer desabafar, ele não vai se sentir ofendido quando você não acatar os conselhos dele.

Às vezes, você pode acabar surpreendendo ele e fazer o que ele sugeriu.

7. Menosprezar A Autoridade Dele E Ao Mesmo Tempo Exigir Total Responsabilidade Por Parte Dele.

Toda organização precisa ter um líder, alguém no comando. A cabeça acima de toda a organização.

Tipicamente, a pessoa que carrega a responsabilidade tem que ser a pessoa que dá a palavra final.

Família e relacionamentos são parecidos com uma organização nesse sentido.

É preciso ter alguém no comando, alguém que vai assumir toda a responsabilidade quando as coisas derem errado e alguém a quem os subordinados possam recorrer.

Você, é claro, tem o direito de desempenhar esse papel, se você está disposta a assumir total responsabilidade quando as coisas derem errado.

É fácil criticar a pessoa que está no comando, e é fácil supor que você poderia fazer melhor.

A parte difícil aparece quando é hora de assumir a responsabilidade.

Em vez de tomar decisões sem considerar as opiniões do seu marido e depois culpar ele quando as coisas não derem certo, tente trabalhar junto com ele.

Vocês dois podem decidir juntos como as coisas deveriam ser feitas, e você pode deixar ele dar a palavra final quando as decisões precisam ser tomadas.

Não fique tão focada nos seus próprios sentimentos e medos (por exemplo, estou com medo dele tomar uma péssima decisão. Eu sinto que consigo tomar decisões melhores).

Seja resiliente no contexto das decisões que ele tomar.

Você pode respeitosamente discordar de uma decisão sem atacar a capacidade dele de liderar.

Veja também: Evite Os 10 Maiores Erros Que As Mulheres Cometem Depois Do Divorcio

8. Nunca Estar Feliz.

Uma das maneiras mais rápidas de destruir seu casamento é passar o tempo todo agindo como se estivesse infeliz.

O objetivo do casamento deve ser a paz e felicidade.

Se o objetivo é ser feliz no casamento, seu papel é exercer o auto controle.

Só você consegue fazer você mesma feliz.

Se você acredita que sua felicidade vem de outras pessoas ou vem de ter coisas ou circunstâncias externas, então você jamais vai será feliz.

Você está no controle da sua felicidade.

Isso é uma decisão.

E você pode escolher ser uma mulher apagada e infeliz… ou você pode levantar-se e ser, no seu casamento, a pessoa que você gostaria de ser.

Não há necessidade de expressar todos os pensamentos amargos, carregados de ressentimento.

Todo mundo fica irritado e frustrado. A culpa não é de ninguém.

Você está escolhendo reagir as suas circunstâncias com esse comportamento.

Você pode escolher um caminho diferente.

Todos os dias, trabalhe para apresentar sua melhor versão no relacionamento.

Não importa o que acontecer, você só precisa de uma mudança no pensamento para ter a paz.

Lembre-se todos os dias que você pode enxergar a paz em vez de enxergar a frustração.

9. Desmoraliza-lo.

A maioria dos homens acreditam que suas esposas são mais espirituais e tem mais princípios morais do que eles.

Geralmente, a mulher concorda com isso.

A mulher não se vê como uma pessoa pecadora ou imoral.

A mulher geralmente admite mau comportamento, mas põe a culpa nos hormônios ou nos desequilíbrios químicos, como a TPM.

Palmas para o marido que ousa sugerir mudanças para melhorar algum aspecto da vida de sua adorável esposa.

O marido geralmente é rotulado como uma pessoa sem coração, que não liga para nada e que fica em silêncio diante de uma esposa furiosa.

A esposa, por outro lado, se sente no direito de justificar e atacar todos os defeitos do marido, amplificando cada passo errado que ele dá e apontando todos os fracassos, até ele se sentir humilhado e ter vergonha por estar vivo.

Pare de tentar corrigir cada pequeno defeito que você perceber na personalidade dele.

Todo mundo comete erros.

Você pode ajudar ele a crescer ou colocá-lo no buraco.

A escolha é totalmente sua.

10. Escolher O Homem Errado.

Você repete o padrão novamente.

E depois acontece de novo… e de novo.

Você conhece um homem.

Você gosta dele.

Você começa a namorar.

Depois você começa a notar pequenos defeitos.

Ele grita com você, do mesmo jeito que seu pai gritava.

Ele bebe e começa a ficar abusivo.

Ele trata mal seus filhos.

Você então diz para si mesma “não tem problema… eu vou consertar isso nele depois que casarmos”.

Não existe concerto.

O homem que você namora vai ser o mesmo homem depois de casado.

Ele é extremamente gentil? Ele vai continuar sendo gentil.

Viciado em pornografia? Ele vai continuar viciado.

Você não consegue mudar a natureza básica das outras pessoas.

O amor não consegue mudar o comportamento de uma pessoa.

Você não pode bater o pé, reclamar e criticar até conseguir mudar ele.

Se o relacionamento não é saudável durante o namoro, casar não vai resolver nada.

Ele não vai ficar magicamente mais responsável, mais confiável ou vai amar você mais depois do casamento.

Se você quer um bom marido, encontre um bom homem, namore com ele e case com ele.

Conclusão.

Embora essa lista possa parecer desgastante, é importante lembrar que o objetivo principal do casamento deve ser a paz e a felicidade.

Se a vida está estressante, trabalhe para mudar sua percepção.

Você consegue enxergar paz em vez de estresse.

Você só precisa de uma mudança no pensamento para encontrar o rapaz no casamento.

Se você se sentir infeliz, vá em busca das atividades que preenchem sua vida.

O caminho mais simples para alguma coisa é simplesmente ser.

A única pessoa que você consegue mudar é você mesma.

0 comentários… add one

Leave a Comment